quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Bandas Novas: Paz Antiguana

Hoje a seção Bandas Novas volta os ouvidos para um gênero musical que compõe o razoavelmente variado cardápio daqueles que apreciam os sons inseridos dentro do universo da Mod Culture. Falo do Boogaloo, gênero que é uma fusão entre o Soul e o Rhythm and Blues com o Mambo e Son Cubanos. E a banda que trago hoje é a Paz Antiguana com seu delicioso groovie.

Paz Antiguana (Paris/França) 


O grupo é formado por Corina Santana (vocais), Laure Medina (piano e vozes), Arnaud Huber (timbales) Jean-Roch Millet (congas), Nelson Silva (trombone e vozes), Rémi Boyer (trombone e vozes) e Manu “El pescador” Jueves (contrabaixo e vozes)


Nos meses de maio e junho de 2014 lançaram dois compactos simples: "Surfing the Channel" e "Tropical Soul". Sendo que no primeiro deles há uma ótima versão para o tema Groovin' dos Young Rascals. Além destes registros físicos, no Soundcloud do grupo é possível ouvir uma versão demo para a canção "Le bain moussant".


Cheers!


PS: Tem uma banda com influências relacionadas à Mod Culture e quer divulgar aqui na seção Bandas Novas? Envio-nos um email: modernomundo@hotmail.com
(Do you have a band with influences related to the Mod Culture and want to disclosure it on the New Bands section? Send us a message: modernomundo@hotmail.com)

sábado, 2 de agosto de 2014

Bandas Novas: "The kids are ALRIGHT!" (by Punks In Parkas)



Nesta semana, a edição do excelente podcast Punks In Parkas, apresentado pela DJ canadense Penny Lane, trouxe uma série de faixas de bandas da nova cena Mod (ainda que ela diga que, como poderão escutar no programa, não existem bandas Mods, mas bandas que os Mods ouvem) sob o título de "The kids are ALRIGHT!". Inclusive, alguns dos grupos tocados, como The Strypes e The Tones, já figuraram por aqui, em nossa seção Bandas Novas. Contudo, há vários outras bandas que podem aparecer por aqui em breve.

Para aqueles que ainda não conhecem o Punks In Parkas, aproveitem para ouvir esta e as outras edições disponíveis para streaming ou download pelo link sugerido ali acima, pois vale muito a pena! Além disso, podem acompanhá-la (ou mesmo interagir com ela) pelo Facebook do programa, pelo qual sempre rolam novidades e belas imagens envolvendo a Mod Culture.

Cheers!

terça-feira, 29 de julho de 2014

A arte delicada de Emma Block

A inglesa Emma Block parece ser uma dessas pessoas super doces, tão doces quanto suas ilustrações. Ela, que se graduou com honras em Ilustração na Universidade de Middlesex, já publicou um livro de ilustrações. 



Se descreve como uma pessoa que gosta de lojas de caridade, chás e lápis muito bem apontados.

Emma Block. Lindeza.


Sua arte retrô é cheia de feminilidade, na qual podemos sentir no ar aquela fragrância vintage de quem, na verdade, tem o pé em outras décadas. Inclusive, no blog dela, há outras lindezas...










segunda-feira, 21 de julho de 2014

Meet The Crombie Boys


Olhem só o que foi publicado no Sunday Times Magazine, lá pelos idos de 1971:

"The kids call these overcoats Crombies, but they are rarely the genuine article made from the celebrated Crombie cloth. Still, there is a touch of real class tucked in the top pocket - a pure silk handkerchief. This gentlemanly fad started in London, swaggering out from the East End on to the football terraces where it was caught like measles and spread to places as far apart as Highgate and Barnes. Now you can see Crombie boys getting off the football specials from the Midlands and North. It's a look for the boys (and a few girls) between 12 and 20 who want to give themselves a group identity that swings away from the aggresive look of skinheads and rockers; some South London Crombie boys have even seen with rolled umbrellas. Shoes must be black and clumpy, shirts thinly striped and open necked, trousers knife-creased. When the 'Crombies' are shed as the weather gets warmer, the word in that ceremonial order will be two-tone mohair suits - one of the gents in the chair has already been for a fitting. Shirts will have unbuttoned down collars. Black and white patents will probably be the shoe".

Os garotos chamam estes sobretudos de Crombies, mas eles raramente são o artigo genuíno da celebrada marca Crombie. Ainda assim, há um toque de realeza dobrada no bolso superior - um lenço de seda pura. Esta distinta mania começou em Londres, pavoneando-se desde o East End aos
terraços de futebol onde pegou como sarampo e se espalhou para longe como Highgate e Barnes. Agora você pode ver os Crombie Boys tirando fora os especial de futebol de Midlands e do Norte. É um look para os garotos (e para algumas garotas) entre 12 e 20 anos que querem dar a si mesmo uma identidade de grupo que passa longe do look agressivo dos skinheads e dos rockers; alguns Crombie boys do Sul de Londres foram vistos com guarda-chuvas enrolados. Os sapatos devem ser pretos e pesados, as camisas devem ter listras finas e golas abertas, as calças devem ter vincos. Quando os 'Crombies' se derramam quando a temperatura sobe, a palavra de ordem no cerimonial serão os ternos two tone de angorá - um dos rapazes na cadeira já está no estilo. As camisas terão golas desabotoadas. Patents branco e preto provavelmente serão o sapato*.

*A tradução não foi feita de modo literal, mas de modo a deixar o texto mais informal.



terça-feira, 15 de julho de 2014

British Invasion - Editorial de Moda

O Inverno está aí, e por mais que, aqui no sul, estejamos num clima de "veranico" de julho, com graus que beiram os 25ºC, ainda assim, encontramos editoriais realmente inspiradores.

Este editorial com inspiração sessentista é da revista Cosmopolitan de 2011, mas é fofo e atual. Os looks não são extravagantes, nem as cores são chamativas. Mas o que realmente conquista cada um de nós é a facilidade em encontrar peças inspiradas nos modelitos e o fato de que cada página é uma canção dos Beatles. É muito amor! 

Photos: Dean Isidro








domingo, 13 de julho de 2014

Bandas Novas: Juventude transviada, o fenômeno das bandas com influências 60s recém saídas do ensino médio

Depois de algum tempo, enfim estamos de volta com a nossa seção bandas novas.

No post de hoje chamarei a atenção para um fenômeno curioso: o das bandas com fortes influências 60s (e diversas referências a estética Mod) formadas por garotos que estão recém-saídos ou ainda frequentam o ensino médio. Inclusive, esse interesse de garotos tão jovens pela estética sonora e de indumentária das subculturas dos anos 1960, pode abalizar a ideia de que realmente tais subculturas estejam de volta com força total. Há quem chame o momento atual de mod regeneration.

Dentre os diversos grupos que têm surgido, destacarei um que até já está bem conhecido (fazendo shows em grandes festivais e recebendo a bênção de grandes nomes), outro razoavelmente conhecido e outro ainda pouco conhecido (ainda que já estejam provocando certo buzz no universo da mod culture).



Grupo formado em Caravan/Irlanda em meados de 2011, composto por Ross Farrelly (voz/harmonica), Josh McClorey (guitarra/vozes), Pete O’Hanlon (contrabaixo/harmonica/vozes) e Evan Walsh (bateria), todos na faixa dos 18 anos.


As principais influências são o blues rock da Chess Records (Little Water, Muddy Waters) e de grupos que se baseiam neste mesmo som como o Them e The Yardbirds. A discografia dos garotos é composta por três EPs: "Young Gifted & Blue" [2012], "Blue Collar Jane" [2013] e "Track Mind" [2014], além de um álbum cheio chamado "Snapshot" [2013]
Para vocês sentirem o quão os garotos estão bem estimados, lendas do som 60s/Mod como o Roger Daltrey e o Paul Weller já se declararam fãs do grupo.




Sítio oficial
Soundcloud





Banda formada em Carlisle/Inglaterra em 2012 por James Green (voz/harmonica), Thomas Hamilton-Hughes (guitarra/vozes), Bailey Claringbold (bateria) e Bill Humpage (contrabaixo/vozes), todos na faixa dos 17 anos de idade.


As influências e a sonoridade do The 45s é muito parecida com o The Strypes, embora aqui o som seja um pouco menos nervoso e pesado. O grupo possui poucos registros, apenas os singles "It Ain't Over", "Devil Of a Woman" e "Shake Me Girl", todos lançados em 2013, e o EP "Teenage Depression" [2014].




Sítio Oficial
Soundcloud



Embora o menos conhecido dentre os conjuntos aqui arrolados, o The Tones me parece ser o grupo com mais influência Mod, particularmente Mod Revival. A banda se juntou em 2012 na cidade de Londres/Inglaterra e é composta por Jake Cunningham (voz/guitarra), Dan Foreman (guitarra/vozes), James Morris (bateria) e Henry Jenkins (contrabaixo), todos na faixa dos 17 anos.


As influências são mais próximas do universo Mod, tais como The Who, The Small Faces e, obviamente, The Jam. Além disso, é perceptível a influência do som dos Arctic Monkeys. O único registro que lançaram até o presente momento é o EP "Absolute Sound Of The Tones" do ano de 2013. O currículo dos rapazes já inclui uma passagem pelo mítico Cavern Club em Liverpool e a atual turnê, na qual estão simplesmente abrindo as apresentações do icônico grupo The Specials!




Sítio oficial
Soundcloud

Espero que desfrutem e curtam. Cheers!

terça-feira, 8 de julho de 2014

Peça e, eventualmente receberás: The Monkees TV Series 1966-68

Depois do sabão que levamos da seleção alemã, a vida volta ao normal e o blog, também. Qual a graça de assistir aos jogos agora???  E, juego é juego, neste meu portunhol selvaje.

O leitor Charles Antonio pediu, e nós o atendemos! Aqui está o (re)upload de The Monkees TV Series. Enjoy!



Se você tem um download que gostaria de fazer, mas não está conseguindo, mande um e-mail ou deixe um comentário que a gente dá uma rebolada!