domingo, 31 de março de 2019

Bandas Novas: Alexis Evans

Alexis Evans [Bordeaux/França]


Neste mês, trago o prodígio anglo-francês Alexis Evans. Começou a tocar muito novo e já participou de alguns projetos, até que em 2016 lançou seu primeiro disco solo, com o qual circulou por vários festivais europeus, além de ter seu som vinculado em rádios especializadas.


A discografia se resume a dois discos cheios: Girl Bait [2016, lançado pelo selo francês Doghouse & Bones Records) e o novíssimo I've Come a Long Way [2019, lançado pelo selo italiano - um favorito aqui da coluna - Record Kicks]. Com uma sonoridade que se equilibra entre o soul e o funk, ambos registros merecem ser escutados, o que pode ser feito via Bandcamp ou Spotify


Inclusive, o primeiro single deste disco novo, "I Made a Deal With Myself", é uma maravilhosa porta de entrada para a música do Alexis Evans e, para além disso, pode ecoar muito bem nas pistas dos clubes de soul ao redor do mundo.


Cheers!

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Bandas Novas: The Creation Factory

The Creation Factory [Los Angeles/Estados Unidos]


Outra banda garageira que poderia figurar em coletâneas como Back From The Grave, Pebbles ou aquelas ainda mais obscuras! Falo da The Creation Factory  Formada em Los Angeles no ano de 2014, o conjunto conta com a seguinte formação: Neil Soiland (guitarra e vocais), Gabe Pacheco (guitarra e vocais), Shane Stots (contrabaixo e vocais), Iggy Gonzalez (bateria e vocais) e Glenn Brigman (órgão).


O material quente e viajado da banda se resume a um single, um compacto simples e um álbum cheio: "Today's Satisfaction" [2015], "Let Me Go/You Got It" [2017] e "The Creation Factory" [2018].  Todos lançados pelo selo estadunidense Lolipop Records, e podem ser escutados via Spotify.


Cheers!

domingo, 27 de janeiro de 2019

Bandas Novas: Thee Faction

Thee Faction [Reigate/Inglaterra]




Mais uma banda inglesa, um combo de nove integrantes com apenas uma perspectiva, música questionadora e engajada, no post desse mês, trago-lhes a Thee Faction. Integrada por, conforme a própria descrição bem humorada do grupo: Billy Brentford (voz), Nylons (guitarra Face-Melting) , Dai Nasty (The Machine), Kassandra Krossing (voz e Pravda - the organ of truth), Nineten Nineteen (the bone of contention), Red Scare (trompete), The Ol' One-Had (saxofone), Thee Citzen (baixo e superestrutura), Baby Face (guitarra e polêmica) e Iggins (Welsh harp)


O conjunto tem cinco registros: At Ebbw Vale [2010], Up The Workers! [2011], Singing Down the Government, or, The War of Position and How We're Winning It [2012], Good Politics: Your Role as an Active Citizen Within Civil Society [2013] e Reading, Writing, Revolution [2015]. Todos lançados pelo próprio selo da banda, o Soviet Beret, e, afora o último disco, podendo ser escutados via Bandcamp.



Cheers!

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Bandas Novas: discos de 2018


Para finalizar este ano de 2018, o qual nos brindou com tantas descobertas, bandas e discos novo, ao contrário de fazer uma retrospectiva do que publiquei neste espaço, segue uma breve listinha (em ordem alfabética mesmo, pois não há intenção alguma de compilar alguns lançamentos do ano em formato ranking) de alguns registros Mod ou Mod friendly que ganharam o mundo no ano que está por se encerram. Vamos lá (com links diretos para escutarem e tudo!):



























Que 2019 nos traga muito mais coisas bacanas!  Cheers!


sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Bandas Novas: COOPER

Cooper [León/Espanha]


Não se trata propriamente de um grupo novo, mas, em virtude de um novo registro colocado no mundo em 2018, neste mês falo sobre a COOPER. Banda que em verdade se trata de um projeto solo de Álex Díez, figura prominente e muito importante do Mod Revival espanhol. No final dos anos 1980, integrou a fundamental Los Flechazos (já os mencionei quando comentei sobre outra banda espanhola, a Arte Pop) e uma cabeça inquieta da cena. Já publicou fanzines, fundou o festival Purple Weekend, teve uma loja de discos, além de ter um editora que publica livros sobre música, a Ediciones Chelsea.


Este projeto chamado Cooper já existe desde 1999 e já conta com cinco álbuns, além de vários singles. O último, "Tiempo, Temperatura, Agitación", foi lançado em maio de 2018 pelo selo Madrileno Elefant Records e vale ser apreciado. Além disso, todos os registos podem ser escutados pelo Spotify






Cheers!

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Bandas Novas: The Reaction

The Reaction [Москва/Rússia]


Uma excelente novidade vinda do oriente, a The Reaction. Formada em 2017 por ex-integrantes de outras bandas importantes da cena russa, são eles: Sasha Bolotov (guitarra e voz / tocou nas incríveis White Trainers Community e The Riots) Anton Usanov (guitarra e vocais / tocou na The Vice), Denis Batrov (contrabaixo e vocais / tocou na The Pretty Green) e Pavel Makarov (bateria / tocou na Stone Cold Boys)


A discografia da banda conta com apenas dois compactos simples (Hard Rain in The City e Taste for Life, ambos de janeiro de 2018) lançados pelo incrível selo alemão Time For Action. O material, embebido na sonoridade do Mod Revival (Mod Mayday 1979 mesmo) de forma bastante atualizada e interessante, pode ser ouvido (e curtido) no canal do Youtube da banda




Cheers!

domingo, 30 de setembro de 2018

Bandas Novas - The Sound Reasons

The Sound Reasons [Los Angeles/Estados Unidos]


 Garage beat primitivo. Essa tríade de termos define a banda que focalizamos neste mês, a The Sound Reasons. Formado em Los Angeles/EUA pelos integrantes: Sumiji Takahashi (voz, guitarra), Jon Green (guitarra, órgão, vocais), Max Fields (baixo e vocais) e Nick James (bateria e vocais)




O material da banda se resume a um compacto auto-intitulado de 2013 e um álbum cheio, o ótimo "Walk With My Shadow", lançado exatamente no dia de hoje (30/09/2018). Ambos os registros saem por um do selos favoritos do blog, o incrível Groovie Recordse podem ser curtidos via Bandcamp.




Cheers!