sábado, 31 de março de 2018

Bandas Novas: The Loop/65MPH

The Loop/65MPH [Chatteris/Inglaterra]



Hoje faremos uma postagem com um formato diferente, falaremos de duas bandas, mas, ambas capitaneadas por um mesmo lad, os grupos são: The Loop e 65MPH e o mentor da coisa toda é o Martin Holt. Em verdade, o segundo grupo é praticamente um projeto solo do inquieto Holt. A The Loop surgiu por volta de 2005 e, aparentemente (sim, as informações na internet sobre a banda são realmente escassas, ainda que sejam bastante respeitados e conhecidos no circuito Mod/Powerpor inglês), deu um tempo nas atividades no ano passado (2017). Era formada por Martin (Guitarra), Darren (Bateria) e Ian (contrabaixo).



Lançaram três álbuns, um EP, um split e um single, são eles: "Together/Some Feeling" (single lançado por selo próprio em 2005); "Monkey Boots" (EP lançado pela Heavy Soul Records em 2007); "Go Fot It" (1o disco lançado de maneira independente em 2008); "Lost Weekend" (lançado pela Paisley Archive, braço do selo da Detour Records, 2012) e "10X Brighter Than The Sun" (lançado pela mesma Paisley Archive em 2017). Nem tudo é facilmente localizável para se escutar, mas, ao menos os dois últimos discos estão disponíveis no Spotify (https://goo.gl/ZEKnQL e https://goo.gl/XB3yCP).



Sobre o projeto 65MPH há menos informações ainda, de todos os modos, após lançar o último disco do The Loop, Martin começou a frequentemente postar novas composições no Soundcloud (na própria semana desta postagem, temos um canção disponibilizada - "Here It Comes!!!"). O som segue a mesma toada de guitarras cheias e belas melodias apresentadas anteriormente. Vale a pena acompanhar e escutar todos os registros disponíveis. Finalizo a postagem com o "powerpop perfeito", a maravilhosa "Coming Up Slowly".



Cheers!

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Bandas Novas: The See No Evils

The See No Evils [Leeds/Inglaterra]



Mais uma banda inglesa a passar por aqui: The See No Evils. Formada na cidade de Leeds no final  de 2011, o conjunto conta com Ian Burton (voz), Paul Jackson (guitarra), Owen Findley (contrabaixo) e Dave Pace (bateria) e apresenta um som garagem com toques de psicodelia.




Já tendo aberto para ninguém menos que a Pretty Things logo no início do grupo (em 2012), a banda conta com um compacto duplo (We Are Strange [2014]), dois compactos simples (Hanging Around [2014] e I Wanna Be Free [2016] e um álbum cheio (Inner Voices [2015]), todos pelo (incrível) selo inglês Heavy Soul. Todo o material pode ser ouvido (e curtido) pelo Bandcamp.


Cheers!

sábado, 27 de janeiro de 2018

Bandas Novas: Os Artefactos

Os Artefactos [São Paulo/Brasil]


Vamos de mais uma banda paulistana: Os Artefactos! Formada em 2016, o conjunto conta com a seguinte formação: Caio Hafermann (contrabaixo), Caio Zanini (voz e guitarra), Ciro Jarjura (gaita, percussão e voz), Gabriel Guerra (voz e guitarra) e Victor Keller (bateria)



Com uma sonoridade ancorada, sobretudo, no R&B, a banda lançou há pouco mais de um mês seu EP de estreia: Contato Imediato, o qual foi gravado no mítico estúdio Quadrophenia, do não menos mítico Sandro Garcia. O registro conta com cinco bons temas (meus destaques são Novos Mitos e Descendentes!) e pode ser ouvido nas mais diversas plataformas digitais, como: Soundcloud, Youtube, Spotify.




Cheers!

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Bandas Novas: ¡Los Padrinos!

¡Los Padrinos! [León/México]



Mais uma banda formada há certo tempo, porém, mais uma que vale passar por aqui em nossa seção! Vamos de ¡Los Padrinos!, grupo mexicano formado em 2007 e, após algumas alterações na formação, desde 2011 é integrada por: Oye Estaban (guitarra e voz), Daniel LP (bateria) e Banzi (contrabaixo).



Foto da formação original


A banda conta em sua discografia com: o EP de estréia "El Hombre Globo Lo Sabrá" [2008] lançado pelo selo mexicano Acimut Records; os singles "La Nariz de Charlie Brown" [2010] e "El Quaderno" [2015] e "Si Hay Lluvia Es Mejor" [2016]; e, em maio de 2017, de forma independente e em formato digital - tal como os singles anteriores - o (ótimo) álbum cheio "Lo Que Vendrás". Sendo que todos os registros podem ser escutados (e adquiridos) via Bandcamp.





Cheers!

sábado, 25 de novembro de 2017

Bandas Novas: Tanika Charles

Tanika Charles [Edmonton/Canadá]




Vamos de mais uma das grandes cantoras de soul/R&B da atualidade, a incrível: Tanika Charles. Nos palcos desde 2010, em abril de 2017, com o lançamento do debut, Soul Run, por um dos selos favoritos aqui do blog (o italiano Record Kicks), a cantora canadense vem colecionando críticas e mais críticas positivas, o que não é nada exagerado, além de estar em turnê por diversos países.



Com um som bastante fresco, Tanika nos presenteia com temas dançantes e emocionantes (além dos clipes que valem ser assistidos). O disco pode ser ouvidos em diversas plataformas, como o SpotifyBandcamp da artista.



Cheers!

sábado, 28 de outubro de 2017

Bandas Novas: Modulares

Modulares [São Paulo/Brasil]


O grupo de hoje está longe de ser novo, de qualquer forma, por ocasião de um novo lançamento sonoro, vale o registro por cá! Falo da Modulares, banda formada em 2007 e que atualmente conta com a seguinte formação: Jun Santos (guitarra e voz), Pedro Carvalho (guitarra e vozes), Gabriel Guerra (contrabaixo e vozes) e Fabio Barbosa (bateria)

Foto: Mateus Mandini


Integrada por veteranos da cena de inspiração 1960s paulistana, uma vez que, por exemplo, Jun fundou e integrava a importante Laboratório-SP e Barbosa já tocou, dentre outras tantas bandas, com Os Transistors e, até mesmo, com a seminal The Charts, a Modulares lançou no começo do mês de outubro/2017 seu quinto EP, o qual leva o título de Reino de Absurdos. Seguindo a beber explicitamente na fonte do Mod Revival, tanto sonoramente, como nas temáticas abordadas, o conjunto entrega mais quatro poderosas e empolgantes faixas. Valendo comentar que todos os registros do grupo podem (e devem) ser ouvidos nas plataformas digitais, como Bandcamp Spotify.



Cheers!

sábado, 30 de setembro de 2017

Bandas Novas: The Deep Six

The Deep Six [Birmingham/Inglaterra]



A banda focalizada hoje é nova, mas os integrantes da linha de frente são veteranos do Mod Revival, uma vez que tocaram em conjuntos importantes daquela cena. Hoje iremos da The Deep Six, a qual é integrada por Mark McGounden (voz e guitarra, fez parte dos grupos Makin' Time e Upper Fifth), Paul Hooper-Keeley (guitarra, tocou na Threads e mantém um excelente blog Modernist Society, Tony Barbados (bateria) e  Niall Keohane (contrabaixo). 



Após lançarem, em 2016, dois ótimos registros: um EP (Full Fathom Four) e um compacto (Brand New Day), em 2017 soltaram o álbum cheio: Introducing... The Deep Six. Valendo comentar que todos os disquinhos saíram pelo excelente selo inglês Heavy Soul! Records.




Cheers!