sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Bandas Novas: Trem Fantasma

Trem Fantasma [Curitiba/Brasil]



Nesta edição da seção, vamos de mais uma banda brasileira, falarei da Trem Fantasma! A banda foi formada em 2008 na cidade de Curitiba e, atualmente, é integrada por Leonardo Montenegro (guitarra, violão, piano, synth e backing vocal), Marcos Dank (guitarra, violão e voz), Rayman Juk (baixo, órgão, piano, synth e voz) e Yuri Vasselai (bateria, percussão e voz). Após diversas aprestações em festivais e gravação de dois EPs e um single, a banda entrou em um período de suspensão de atividades.

Foto por Vinicius Antunes


Na recente volta, finalmente o grupo nos brinda com um álbum cheio intitulado Lapso, o qual foi lançado em outubro de 2016 pela (excelente) 180 Selo Fonográfico e que conta com participações especiais do Pedro Pelotas (Cachorro Grande) e Charly Coombers (Supergrass), ambos tocando piano, o primeiro na faixa "Pesadelo", enquanto este toca em "Antimatéria". Além disso, o material foi masterizado pelo Rob Grant no estúdio Poons Head Studios na Austrália, a meca da neopsicodelia por conta de ser o local onde o Tame Impala registrou seus discos e, de certa forma, deflagrou essa retomada do rock psicodélico mundialmente.



O disco da Trem Fantasma pode se escutado em diversas plataformas de streaming, bem como baixado diretamente do site oficial do grupo. As nove faixas têm diversas texturas sonoras e valem ser ouvidas com headphones! 


Cheers!

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Bandas Novas: The Songbook Collective

The Songbook Collective [Inglaterra]



A atual formação da banda que acompanha o Paul Weller é uma das melhores que já esteve com o músico nestes anos todos de carreira solo do fundador do The Jam. Composta pelo grande (literalmente) Andy Lewis (compositor de "Are You Trying to Be Lonely?", produtor de vários discos - incluindo o último e mais recente da incrível Fay Hallam -, chamado de "professor" pelos outros membros do conjunto dado o seu conhecimento musical e baixista), Andy Crofts e Ben Gordelier (ambos da fantástica The Moons, a qual já falamos tantas vezes por aqui, e que tocam, respectivamente, voz, guitarra e teclados e bateria e percussão), Steve Cradock (membro fundador do Ocean Colour Scene e guitarrista que participou de TODOS os discos solo do Paul Weller) e Steve Pilgrim (baterista que já tocou em vários grupos e que no Songbook Collective também toca violão e canta).



Diz que em uma conversa (regada a bastante álcool) em uma viagem noturna de ônibus durante a tour do "Saturn Patter", os músicos diziam em tom de brincadeira que deveriam seguir tocando juntos e até gravarem um disco. Deste papo surgiu a The Songbook Collective, a qual fez primeiro alguns shows tocando o repertório da carreira de cada um dos integrantes para, posteriormente, se reunirem em estúdio e registrarem algumas composições. O resultado foi o álbum homônimo lançado no dia 17 de outubro de 2016.



Ainda que soe como conjunto, obviamente, os temas são variados entre si, uma vez que as composições têm a cara e o estilo de cada um dos integrantes, o que não é ruim, visto que o projeto é um coletivo de bons músicos! A audição vale muito a pena e, em minha modesta opinião, as músicas do Andy Crofts ("Today", "Midnight", "Windows Seat" e "Shadows") e do Andy Lewis ("Take a Good Look", "Logging Off" e "Nothing Great Than Love") são as melhores canções do álbum. Lembrando que o disco pode ser ouvido (e adquirido em tiragem bastante limitada) pelo bandcamp.



Cheers!

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Bandas Novas: Hannah Williams & The Affirmations

Hannah Williams & The Affirmations [Bristol/Reino Unido]



O conjunto de hoje é mais um daqueles que conta com uma grande cantora acompanhada por músicos afiados, falo da fantástica: Hannah Williams & The Affirmations. Até meados de 2014, a banda de apoio de Hannah tinha outro nome (Tastemakers) e formação, mas, atualmente o combo é composto por: James Graham (órgão, piano e Wurlitzer), Adam Holgate (guitarra), Adam Newton (contrabaixo), Jail Widdowson-Jones (bateria), Nicholas Malcom (trompete), Liam Treasure (trombone) e John Pratt (saxofone barítono). Além das vocalistas de apoio: Victoria Klewin e Hannah Nicholson .



Ainda sob o nome de Tastemakers, em 2012, a banda lançou o excelente álbum "A Hill of Feathers"  pelo (sempre celebrado aqui na seção) selo italiano Record Kicks e após quatro anos, finalmente, poderemos ouvir a voz potente de Hannah em um registro de inéditas a ser lançado em 11 de novembro de 2016 pelo mesmo selo e que levará o nome de "Late Nights & Heartbreak".



Tanto o primeiro álbum, como o single novo,"Tame in the water", (como, provável e posteriormente, acontecerá com o disco novo) podem ser escutados na página do bandcamp.



Cheers!

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Bandas Novas: Novidades (6)!

Mais uma rodada de novidades e, curiosamente, dois dos grupos que retrataremos figuraram na primeira "edição" deste braço da seção Bandas Novas. Vamos lá.
A The Mads, banda amiga do blog e pioneira no mod revival italiano, acaba de lançar mais um compacto contendo temas inéditos. O disquinho (azul e com selo vermelho) sai pelo selo italiano Area Pirata e demonstra, uma vez mais, a capacidade que o conjunto tem de compor bons temas, com a curiosidade de que neste lançamento, ambas as músicas tiveram suas letras escritas por ninguém menos do que Flavio Candini, o conhecidíssimo Cpt. Stax. "On The Bus" e "The Way She Smiles" podem ser ouvidas pelo Soundcloud ou Spotify do grupo .




O quarteto de Watford está para lançar seu segundo álbum cheio no final deste mês de agosto/2016. O disco será intitulado "A Thousand Times" (lançado pelo selo Catch 22 Records) e, pelas músicas que já foram divulgadas, parece que o grupo tem testado novas sonoridades, ainda que mantenha o peso inicial que os acompanha desde o início. Por enquanto, já é possível escutar "On My Mind", "So Long" e "Return To Me" no Spotify (bem como assistir os vídeos no canal do Youtube da banda). Além da música, "Day to Day" na edição de 31/07/2016 do The Face, apresentado pelo Kurtis Powers.

The Wicked Whispers



O conjunto psicodélico de Liverpool acaba de lançar digitalmente o novo single "If I Set You Free"/"Zodiac Girl", o qual sairá em formato compacto simples no meio de setembro/2016 pela Electrone Records. Ambos os temas são bem envolventes e podem ser escutados no Spotify da banda. E como ainda não nenhum vídeo para nenhuma das músicas, segue o player:


Cheers!

domingo, 10 de julho de 2016

Bandas Novas: The Tibbs

The Tibbs [Amesterdam/Holanda]



E vamos de mais um (fantástico) combo contando com mais uma (ótima) vocalista a frente e influências de northern soul e funk oriundos dos 1960s! Apresento-lhes a: The Tibbs. O conjunto formado em 2012 na cidade de Amsterdã e é composto pelos seguintes integrantes: Elsa Bekman (voz), Henk Kemkes (guitarra), Michael Willemsen (contrabaixo), Paul Jonker (Órgão Hammond), Bas de Vries (bateria), Siebe Posthuma de Boer (trompete), Coen de Vries (saxofone) e Berd Ruttenberg (saxofone barítono).



O octeto lançou em 2014 um EP demo autointitulado (independente e que pode ser ouvido na plataforma Spotify) e o compacto simples "Footprints in the sand/Cleaned out" pelo selo alemão Tramp Records. Em 2016, pelo maravilhoso selo italiano Records Kicks, veio ao mundo a estreia em um álbum cheio: Takin' Over.



A gema pode ser escutada no Bandcamp da banda e tal como estampada na cama acima, de fato, os temas apresentados são "smash hits"! Impossível não se contagiar com o agradável e competente instrumental (um som limpo e com cada instrumento bem posicionado na construção das melodias) e a potente voz de Elsa! Dentre tantas faixas realmente boas, destacaria "Armada", "Get Back Tuesday", "Dog Days" e a interessante versão para "96 Tears" (da icônica banda de garage ? and The Mysterians). Entretanto, reforço que vale a pena ouvir o disco na íntegra (aliás, recomendo mesmo a audição de todo material da banda que está disponível!).



Cheers!

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Bandas Novas: Novidades (5)!

Supertonic Sound Club




Nesta semana que se passou tivemos mais um lançamento da banda irlandesa e amiga do blog Supertonic Sound Club. O single contendo "Truly Something Special" (com Shelley Bukspan nos vocais) e "Secret Du Collier De Perles" (com Cecile Gorge nos vocais), o qual já viu a luz do dia em formato compacto simples, agora é lançado em formato digital pelo selo sueco AMTY Records e pode ser ouvido em várias plataformas, aqui indico o canal do Youtube do Grupo para ouvir ambos os temas. Os dois temas são muito animados, mas destacaria "Truly Something Special" como uma das melhores canções já gravadas pelo grupo!



The Outs



A carioca The Outs também lançou na última semana seu mais novo single. A ótima faixa "Ainda Me Lembro", que tem uma sensível influência de Tame Impala, primeira composição em português, integrará o primeiro álbum cheio da carreira do grupo, o qual é intitulado "Percipere" e sairá no dia de 08 de julho pela Deck



Cheers!

domingo, 15 de maio de 2016

Bandas Novas: That Driving Beat

That Driving Beat [Stockholm/Suécia]




A Banda Nova de hoje vem de Estocolmo/Suécia e se trata de um combo com nada menos do que 11 membros e membras! O, quase time de futebol, se chama That Driving Beat. A "escalação" do conjunto conta com: Yvonne Hartmann (voz), Cecilia Naurén (voz), Ulrika Orre (voz ). Mikael Ledin (guitarra), David Wächtler (piano e órgão), Erik Regnström (saxofone tenor), Erik Gullstrand (saxofone alto), Andreas Körmark (trombone), Stefan Eklund Åkerberg (bateria), Mikael Klein (contrabaixo), Eric Alm (percussão). Contando ainda com  Johan Sjölund (trompete) e Pontus Svens (trompete) como músicos de apoio!



A ideia da banda [no sítio oficial, o grupo diz ser sua missão] é recuperar temas de Soul da metade dos 1960 até começo dos 1970s que sejam "raros, não usuais, desconhecidos, pouco reconhecidos, abandonados ou esquecidos". E , sem dúvida, esse "time" se sai muito bem, apresentando versões muito interessantes e extremamente contagiantes. A discografia, por enquanto, se resume há dois EP: "Fifteen Minutos Of Northern Soul" [2013] e o novíssimo "Good Loving/I'm Getting Tired" [2016], o qual foi lançado pelo selo sueco AMTY Records em vinil simples, contendo ambos os temas que dão título ao lançamento, mas também em versão digital apresentando mais três temas. Ambos os registros podem ser escutados no site da banda, na página do Soundcloud e em outras plataformas. Como um bom exemplo do quão dançante o That Driving Beat pode soar, segue um vídeo de uma apresentação recente de, em minha opinião, um dos melhores temas do novo EP, a cativante "Is it on, is it off" (originalmente gravada pela The Bit a Sweet em 1968):


Cheers!