sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Bandas Novas: ¡Los Padrinos!

¡Los Padrinos! [León/México]



Mais uma banda formada há certo tempo, porém, mais uma que vale passar por aqui em nossa seção! Vamos de ¡Los Padrinos!, grupo mexicano formado em 2007 e, após algumas alterações na formação, desde 2011 é integrada por: Oye Estaban (guitarra e voz), Daniel LP (bateria) e Banzi (contrabaixo).



Foto da formação original


A banda conta em sua discografia com: o EP de estréia "El Hombre Globo Lo Sabrá" [2008] lançado pelo selo mexicano Acimut Records; os singles "La Nariz de Charlie Brown" [2010] e "El Quaderno" [2015] e "Si Hay Lluvia Es Mejor" [2016]; e, em maio de 2017, de forma independente e em formato digital - tal como os singles anteriores - o (ótimo) álbum cheio "Lo Que Vendrás". Sendo que todos os registros podem ser escutados (e adquiridos) via Bandcamp.



Cheers!

sábado, 25 de novembro de 2017

Bandas Novas: Tanika Charles

Tanika Charles [Edmonton/Canadá]




Vamos de mais uma das grandes cantoras de soul/R&B da atualidade, a incrível: Tanika Charles. Nos palcos desde 2010, em abril de 2017, com o lançamento do debut, Soul Run, por um dos selos favoritos aqui do blog (o italiano Record Kicks), a cantora canadense vem colecionando críticas e mais críticas positivas, o que não é nada exagerado, além de estar em turnê por diversos países.



Com um som bastante fresco, Tanika nos presenteia com temas dançantes e emocionantes (além dos clipes que valem ser assistidos). O disco pode ser ouvidos em diversas plataformas, como o SpotifyBandcamp da artista.



Cheers!

sábado, 28 de outubro de 2017

Bandas Novas: Modulares

Modulares [São Paulo/Brasil]


O grupo de hoje está longe de ser novo, de qualquer forma, por ocasião de um novo lançamento sonoro, vale o registro por cá! Falo da Modulares, banda formada em 2007 e que atualmente conta com a seguinte formação: Jun Santos (guitarra e voz), Pedro Carvalho (guitarra e vozes), Gabriel Guerra (contrabaixo e vozes) e Fabio Barbosa (bateria)

Foto: Mateus Mandini


Integrada por veteranos da cena de inspiração 1960s paulistana, uma vez que, por exemplo, Jun fundou e integrava a importante Laboratório-SP e Barbosa já tocou, dentre outras tantas bandas, com Os Transistors e, até mesmo, com a seminal The Charts, a Modulares lançou no começo do mês de outubro/2017 seu quinto EP, o qual leva o título de Reino de Absurdos. Seguindo a beber explicitamente na fonte do Mod Revival, tanto sonoramente, como nas temáticas abordadas, o conjunto entrega mais quatro poderosas e empolgantes faixas. Valendo comentar que todos os registros do grupo podem (e devem) ser ouvidos nas plataformas digitais, como Bandcamp Spotify.



Cheers!

sábado, 30 de setembro de 2017

Bandas Novas: The Deep Six

The Deep Six [Birmingham/Inglaterra]



A banda focalizada hoje é nova, mas os integrantes da linha de frente são veteranos do Mod Revival, uma vez que tocaram em conjuntos importantes daquela cena. Hoje iremos da The Deep Six, a qual é integrada por Mark McGounden (voz e guitarra, fez parte dos grupos Makin' Time e Upper Fifth), Paul Hooper-Keeley (guitarra, tocou na Threads e mantém um excelente blog Modernist Society, Tony Barbados (bateria) e  Niall Keohane (contrabaixo). 



Após lançarem, em 2016, dois ótimos registros: um EP (Full Fathom Four) e um compacto (Brand New Day), em 2017 soltaram o álbum cheio: Introducing... The Deep Six. Valendo comentar que todos os disquinhos saíram pelo excelente selo inglês Heavy Soul! Records.




Cheers!

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Bandas Novas: The Revolt

The Revolt [Broxbourne/Inglaterra]



Mais uma banda de garotos bastante jovens "tocados pela mão do Mod" (postamos outras em 2014, naquela espírito de mod regeneration, embora os grupos ali apresentados ou tenham mudado bastante a orientação ou tenham sumido) que, aparentemente, se demostra bastante promissora, falo da: The Revolt.



Formada em 2016 por Jack Gadsden (guitarra solo), Stanley Fuller (voz), Callum Pounder (guitarra rítmica), Matt Squires (bateria) e George Docking (contrabaixo), os moleques já soltaram um EP contendo quatro faixas em outubro/2016, o bom "Never Getting Out", o qual está disponível para audição e compra na página do Bandcamp da banda. Destaque para a ótima One Road Town.


Cheers!


domingo, 30 de julho de 2017

Bandas Novas: Nick Waterhouse

Nick Waterhouse [California/Estados Unidos]



Na postagem deste mês, trago um cantor e compositor solo: Nick Waterhouse. Nascido em Santa Ana, California/EUA, o (razoavelmente) jovem artista faz parte de um conjunto de grupos e músicos californianos que têm grande inspiração nos sons e estética dos anos 1950 e 1960, tais como a The Allah-Las (a qual, inclusive, lançou álbum novo há poucos meses atrás) e a Ty Segall.




Nick, com seus óculos de aro grosso à lá Buddy Holly, mistura referências de early jazz com R&B, pitadas de soul e beat sem soar datado. Além disso, boa parte dos temas são bastante animados e contagiantes. Na discografia, o música conta com três álbuns cheios, todos lançados pela Innovative Leisure Records, são eles: Time's All Gone [2012], Holly [2014] e, o mais recente, Never Twice [2016] (valendo comentar que aqui há uma participação matadora do prodígio Leon Bridges na ótima "Katchi"). Todos os registros podem ser ouvidos em diversas plataformas, como o Spotify, bandcamp do artista.




Cheers!

domingo, 4 de junho de 2017

The Sha La La's está de volta!

É isso mesmo, o The Sha La La's (uma das bandas novas favoritas aqui do blog!) retomou suas atividades!! Depois de, no início de 2016, encerrar os trabalhos e "reencarnar" como The Sonic Keys, lançando três bons singles, o grupo deu uma desaparecida. Todo o material disponível nas plataformas digitais fora deletado e as contas em mídias sociais desativadas. Há poucos meses, as contas no Facebook, Twitter e Youtube foram reativadas e, para marcar definitivamente o retorno da banda, há algumas semanas atrás (15/05/2017, para se preciso) mais um par de músicas excelentes foi lançado. O compacto Sorrow/Leave The Hurting Behind (Move On) sai pelo selo britânico Soul Mule Records e pode ser escutado no Spotify



Ambas as músicas se tratam de composições típicas da banda, explorando boas melodias, letras emotivas e a voz potente do Darron. Para quem pode ouvir o Sonic Keys fica aparente que havia uma certa diferença de som, o qual naquela outra encarnação era mais funkeado (exceto o primeiro single "Love Get Ready" que parecia muito com o som do Sha La La's) e aqui volta o soul a ser a base sonora. Uma coisa curiosa é de que o lado B do novo compacto começa com um acorde de hammond muito parecido com a abertura do primeiro disco cheio (Feelin' Real) do grupo. Enfim, que venham os próximos registros e que a banda continue nos brindando com bons temas!!



Cheers!