quinta-feira, 6 de abril de 2017

"Nós Somos os Mods" (André Carmona)

Ninguém entendia um Mod. Até Aqui
(trecho final da introdução do livro)


Diante da completamente incipiente bibliografia acerca do Mod em nosso idioma, o público Mod brasileiro pode comemorar, finalmente temos o lançamento de um livro retratando esta subcultura, falo do livro-reportagem: “Nós Somos os Mods” (Edição Independente) do jornalista André Carmona.

Encarte presente no livro em que a resposta para a indagação
"o que é Mod?" pode ser dada rápida, fácil e prontamente


O foco é o impacto do Mod nas últimas três décadas em terras paulistanas, para tal, André tece a narrativa através da própria fala dos personagens envolvidos (o que me lembrou bastante o formato do “Mods: The New Religion”, de autoria do Paul ‘Smiler’ Anderson e lançado em 2014), por conta disso, fica fácil devorar as quase 140 páginas do livro. Inclusive, a edição dos relatos é extremamente envolvente, além das inserções do próprio autor, as quais ajudam a amarrar muito bem o desenrolar dos discursos dos entrevistados.

O grosso da obra são as entrevistas com Flávio Telles, Sandro Garcia e Claudio Fontes, integrantes da seminal e pioneira Faces e Fases. Ali há histórias super saborosas sobre como fora ser um Mod na São Paulo do final dos anos 1980, além de documentar (algo completamente único e inédito, vale enfatizar) a história do Faces e do The Charts (a qual, em festa por ocasião do lançamento oficial do livro, felizmente, anunciou retorno das atividades!).



Após tantos elogios, fica aparente a recomendação expressa em acessarem esse livro-reportagem, o qual, reforço, é uma iniciativa pioneira na bibliografia em português acerca do assunto. Para adquirirem um exemplar, escrevam para o próprio André pelo email: nossomososmods@gmail.com.


Cheers! 

sexta-feira, 24 de março de 2017

Bandas Novas: New Street Adventure

New Street Adventure [Londres/Inglaterra]



Aproveitando a ocasião do aguardado lançamento do novo álbum do incrível New Street Adventure, dedico a postagem do mês a eles. O grupo está sediado em Londres e foi formado em 2007 na University of Birmingham, inicialmente como um power trio. Após mudanças na sonoridade e de formação, o conjunto conta atualmente com o frontman e fundador Nick Corbin (voz e guitarra), Ashley Hayden (contrabaixo e vocais), Billy Farr (guitarra e vocais), Ben Wolfe (bateria) e Max De Lucia (teclados).



Depois de gravar quatro EPs (Who Beat Up Jimmy Jazz?, Modern Sounds in Rhythm and Blues, Just The Kind Of People e Say It Like You Mean It, lançados respectivamente em 2008, 2009, 2011 e 2012), a banda assinou com o lendário selo britânico Acid Jazz do ainda mais lendário Eddie Piller. Em 2014, finalmente sai o primeiro álbum cheio, o ótimo No Hard Feelings. O som do quinteto, influenciado sobretudo pelo Soul, no disco é encorpado pela participação de outros músicos e há temas realmente marcantes, como os singles On Our Front Doorsteep e The Big AC, além de belas canções como Foolish Once More.



No dia de hoje [24/03/2017], o aguardado segundo registro de estúdio, ainda mais depois dos temas apresentados previamente nas últimas semanas, chega aos ouvidos de todas e todas. O disco intitulado Stubborn Sons está disponível nas diversas plataformas de streaming



Com um som mais coeso e construído em cima apenas do instrumental do quinteto, mas não menos dançante e inspirado, o New Street Adventure segue soando muito bem (os vocais de Nick Corbin são um ponto alto no som do grupo, o que não é diferente neste novo registro) e valendo a atenção.




Cheers!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Bandas Novas: Arte Pop

Arte Pop [Castellón/Espanha]

Tentando manter a diversidade de lugares de onde os conjuntos vem, na postagem deste mês falarei do trio espanhol: Arte Pop. Formado em 2011 por ex-integrantes das bandas Los Flechazos (talvez a mais importante do Mod Revival Espanhol) e Búhos, o trio conta com Paco Vila (guitarra e voz), Pere Safont (contrabaixo e vocais) e Joaquín Sanchís (bateria).



Já dividiram o palco com consagradas bandas do Mod Revival britânico (Secret Affair e The Moment) tem entre os seus fãs ninguém menos que Brett "Buddy" Ascot, baterista da lendária The Chords, que escreveu um elogioso release para o último disco dos espanhóis, e contam com três registros no catálogo: "Un Sueño, Una Generación" [2013], o EP "Puente de Hierro" [2013] e "Hacia Adelante" [2016], sendo este último lançado pelo selo de Madri Hurrah" Música e podendo ser comprado e escutado pela plataforma Bandcamp. Valendo dizer que as músicas têm bastante energia  (seguindo a tradição do Mod Revival em trio) e são cantados em castellaño!



Cheers!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Bandas Novas: Novidades (7)!

Na data de ontem [11/01/2017] rolou uma notícia incrível para começar musicalmente o ano e dar o pontapé inicial nas postagens deste ano novo aqui no blog. Além disso, indico um novo compacto de outra banda que também já apareceu por aqui na seção Bandas Novas.

Stone Foundation




Após os dois últimos excelentes álbuns, To Find The Spirit de 2014 e A Life Unlimited de 2015, o combo inglês acaba de anunciar o super aguardado novo registro de inéditas! O disco leva o nome de Street Rituals e sairá no dia 31 de março/2017 pelo selo inglês 100% Records. 



Gravado no Black Barn Studios, o registro foi inteiramente produzido por ninguém menos do que Paul Weller! O músico que também se prepara para lançar um disco novo em 2017 (nomeado por A Kind Of Revolution e com faixas já reveleadas e comentadas por Weller em uma matéria da Uncut Magazine) também tocou guitarra e piano, além de ter participado cantando nas faixas Back In The Game, Street Rituals e Your Balloon Is Rising. O álbum também conta com outras duas participações de peso, William Bell e Bettye LaVette!


O primeiro single, a lindíssima Your Balloon Is Rising, já está disponível nas diversas plataformas digitais. Desfrutem!

O trio de Leeds lançou nos primeiros dias do ano um compacto simples, contendo os temas I Dream Love e Man Out Of Time, pelo selo de Manchester Crocodile Records. O disquinho pode ser ouvido através do perfil no Soundcloud do grupo




Cheers!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Bandas Novas: Trem Fantasma

Trem Fantasma [Curitiba/Brasil]



Nesta edição da seção, vamos de mais uma banda brasileira, falarei da Trem Fantasma! A banda foi formada em 2008 na cidade de Curitiba e, atualmente, é integrada por Leonardo Montenegro (guitarra, violão, piano, synth e backing vocal), Marcos Dank (guitarra, violão e voz), Rayman Juk (baixo, órgão, piano, synth e voz) e Yuri Vasselai (bateria, percussão e voz). Após diversas aprestações em festivais e gravação de dois EPs e um single, a banda entrou em um período de suspensão de atividades.

Foto por Vinicius Antunes


Na recente volta, finalmente o grupo nos brinda com um álbum cheio intitulado Lapso, o qual foi lançado em outubro de 2016 pela (excelente) 180 Selo Fonográfico e que conta com participações especiais do Pedro Pelotas (Cachorro Grande) e Charly Coombers (Supergrass), ambos tocando piano, o primeiro na faixa "Pesadelo", enquanto este toca em "Antimatéria". Além disso, o material foi masterizado pelo Rob Grant no estúdio Poons Head Studios na Austrália, a meca da neopsicodelia por conta de ser o local onde o Tame Impala registrou seus discos e, de certa forma, deflagrou essa retomada do rock psicodélico mundialmente.



O disco da Trem Fantasma pode se escutado em diversas plataformas de streaming, bem como baixado diretamente do site oficial do grupo. As nove faixas têm diversas texturas sonoras e valem ser ouvidas com headphones! 


Cheers!

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Bandas Novas: The Songbook Collective

The Songbook Collective [Inglaterra]



A atual formação da banda que acompanha o Paul Weller é uma das melhores que já esteve com o músico nestes anos todos de carreira solo do fundador do The Jam. Composta pelo grande (literalmente) Andy Lewis (compositor de "Are You Trying to Be Lonely?", produtor de vários discos - incluindo o último e mais recente da incrível Fay Hallam -, chamado de "professor" pelos outros membros do conjunto dado o seu conhecimento musical e baixista), Andy Crofts e Ben Gordelier (ambos da fantástica The Moons, a qual já falamos tantas vezes por aqui, e que tocam, respectivamente, voz, guitarra e teclados e bateria e percussão), Steve Cradock (membro fundador do Ocean Colour Scene e guitarrista que participou de TODOS os discos solo do Paul Weller) e Steve Pilgrim (baterista que já tocou em vários grupos e que no Songbook Collective também toca violão e canta).



Diz que em uma conversa (regada a bastante álcool) em uma viagem noturna de ônibus durante a tour do "Saturn Patter", os músicos diziam em tom de brincadeira que deveriam seguir tocando juntos e até gravarem um disco. Deste papo surgiu a The Songbook Collective, a qual fez primeiro alguns shows tocando o repertório da carreira de cada um dos integrantes para, posteriormente, se reunirem em estúdio e registrarem algumas composições. O resultado foi o álbum homônimo lançado no dia 17 de outubro de 2016.



Ainda que soe como conjunto, obviamente, os temas são variados entre si, uma vez que as composições têm a cara e o estilo de cada um dos integrantes, o que não é ruim, visto que o projeto é um coletivo de bons músicos! A audição vale muito a pena e, em minha modesta opinião, as músicas do Andy Crofts ("Today", "Midnight", "Windows Seat" e "Shadows") e do Andy Lewis ("Take a Good Look", "Logging Off" e "Nothing Great Than Love") são as melhores canções do álbum. Lembrando que o disco pode ser ouvido (e adquirido em tiragem bastante limitada) pelo bandcamp.



Cheers!

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Bandas Novas: Hannah Williams & The Affirmations

Hannah Williams & The Affirmations [Bristol/Reino Unido]


O conjunto de hoje é mais um daqueles que conta com uma grande cantora acompanhada por músicos afiados, falo da fantástica: Hannah Williams & The Affirmations. Até meados de 2014, a banda de apoio de Hannah tinha outro nome (Tastemakers) e formação, mas, atualmente o combo é composto por: James Graham (órgão, piano e Wurlitzer), Adam Holgate (guitarra), Adam Newton (contrabaixo), Jail Widdowson-Jones (bateria), Nicholas Malcom (trompete), Liam Treasure (trombone) e John Pratt (saxofone barítono). Além das vocalistas de apoio: Victoria Klewin e Hannah Nicholson .



Ainda sob o nome de Tastemakers, em 2012, a banda lançou o excelente álbum "A Hill of Feathers"  pelo (sempre celebrado aqui na seção) selo italiano Record Kicks e após quatro anos, finalmente, poderemos ouvir a voz potente de Hannah em um registro de inéditas a ser lançado em 11 de novembro de 2016 pelo mesmo selo e que levará o nome de "Late Nights & Heartbreak".



Tanto o primeiro álbum, como o single novo,"Tame in the water", (como, provável e posteriormente, acontecerá com o disco novo) podem ser escutados na página do bandcamp.



Cheers!