terça-feira, 30 de março de 2010

Italian Mods - Anos 80

Esta semana trago um documentário bem bacana sobre os Mods Italianos na década de 80. Documentário curtíssimo do canal italiano RAI, mas infelizmente sem legendas. Mesmo assim, espero que gostem!



Espero que tenham gostado. Mantenham a fé e até semana que vem!

terça-feira, 16 de março de 2010

Cris Castro


Esta semana trago mais uma das sempre bem-vindas contribuições de Cris Castro

"Quando você caminha por uma tempestade
Sustente sua cabeça alto
E não tenha medo da escuridão ao término da tempestade há uma estrela dourada (céu)
E a doce canção prateada de uma cotovia

Caminhe em. . .
Pela chuva. . .
Caminhe em. . .
Pelo Passeio de chuva pelo vento
E seus sonhos sejam lançados e soprados. . .

Caminhe em. . . (caminhe em)
Caminhe em. . . (caminhe em)
Com esperança (com esperança)
Em seu coração. . .
E você nunca caminhará só
Você nunca caminhará só.
Só. . ."

[Cris Castro]

Espero que tenham gostado. Mantenham a fé e até semana que vem!

terça-feira, 9 de março de 2010

Os Brasas - Os Brasas (1968)

Esta semana trago para vocês um dos discos mais importantes da Jovem Guarda, Os Brasas de 1968.



Na ativa entre os anos de 1965 e 1969, os Brasas foi uma banda gaúcha de maior destaque na Jovem Guarda. Formado no bairro Partenôn, em Porto Alegreno em meados de 1964, The Jetsons - como eram conhecidos antes - gravaram em 1967 o EP Vivo a Sofrer/ Lutamos para Viver.

A jornada deles começa em meados da década de 1960, quando bandas como The Kinks, The Rolling Stones e The Beatles faziam a cabeça dos jovens porto-alegrenses da época. Muitas bandas de garagem surgiram em bairros como Lindóia, Teresópolis e Navegantes.
Com Os Brasas não foi diferente, na rotina de três ou quatro bailes por noite que os rapazes enfrentavam na época, o quarteto formando pelos guitarristas Luís Vagner e Anyres Rodrigues, o baterista Edson da Rosa (Edinho) e o baixista Franco – tocava Beatles e Stones.
Porém, a grande chance veio no ano de 1966, quando abriram os shows de Roberto Carlos, Wanderléa, Jerry Adriani, entre outros no Ginásio da Brigada Militar.
Durante este período aprensentaram-se no programa de Eduardo Araújo, além de terem sido convidados a integrar a Banda Jovem do Maestro Peruzzi.
Hoje, passados mais de quarenta anos do lançamento deste disco, cada integrante seguiu um caminho diferente: Luís Vagner hoje é um nome respeitado dentro do samba rock e do reggae no Brasil; o baixista Franco Scornavacca é empresário da dupla Zezé di Camargo & Luciano e dos filhos Kiko, Leandro e Bruno, do KLB; Anyres que chegou a morar durante 5 anos no Japão e foi o autor da música tema da novelinha mexicana Carrosel, hoje tem um estúdio em São Paulo e o baterista Edinho acompanhou durante muito tempo as gravações dos amigos Luís Vagner e Anyres, além de artistas como Jair Rodrigues e Luís Loy. Em junho de 1999 acompanhando a cantora Ivete Souza, Edinho passou mal depois de ser internado por problemas hepáticos e não resistiu.




01 - A Distância
02 - Beija-me Agora
03 - Um Dia Falaremos de Amor
04 - Quando o Amor Bater na Porta
05 - Meu Eterno Amor
06 - Que Te Faz Sonhar, Linda Garota
07 - Pancho Lopez
08 - Ao Partir, Encontrei Meu Amor
09 - Benzinho, Não Aperte
10 - Theme Without A Name
11 - Não Vá Me Deixar

Download

Espero que tenham gostado, vejo vocês na semana que vem! KTF!