domingo, 16 de janeiro de 2011

Como limpar seus discos de vinil - parte 6 A AGULHA

A agulha, assim como outras partes do seu toca-discos também inspira certos cuidados. Apesar de ela ter uma vida útil bem longa (cerca de 500 horas dependendo da marca), sem ela não há música.


Não é nada saudável para a sua agulha ficar cutucando-a com o dedo, o processo de limpeza da agulha, num geral, se dá no momento em que você coloca seus discos limpinhos e recém-lavados para tocar. Segundo Joaquim Martins Cutrim do Blog Limpeza de Vinis, que é uma das minhas mais importantes fontes de pesquisa, é possível colocar o disco com alguns filetes de água (entre 5% e 10%) para tocar, porque este processo facilitaria a "lavagem" da agulha. Já o blog Entresseio sugere a limpeza da agulha com um pincel bem fininho de pintura artística, cujos movimentos de limpeza devem ser feitos de trás para frente. Levando em conta também o artigo "A conservação dos nossos queridos discos de vinil" do Dj Bruno Groovy, o peso do braço do toca discos é outro fator super importante, sendo que ele deve ser o mais leve possível, a agulha pode danificar profunda e irreparavelmente os sulcos do vinil. Jamais solte o braço do toca discos em cima do vinil, ao contrário, procure pousá-lo delicadamente. E para ter menos perigo ainda, sempre pouse a agulha no começo do vinil, onde não há sulcos de gravação.

Sobre as melhores marcas de agulhas e onde encontrá-las vai depender das suas necessidades. Algumas marcas recomendadas são Shure, Stanton ou Ortofon e você pode encontrá-las na internet, em casa especializadas ou em eletrônicas. Tudo vai depender da sua cidade.

E, amanhã, finalizando os posts sobre o assunto, trarei dicas de como cuidar bem do seu toca-discos. Espero que tenham gostado! Mantenham a fé!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mesmo com a moderação de comentários, use seu bom senso. Caro (a) anônimo (a), por favor, identifique-se no comentário!