segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Harrington 69 - Primeiro Nocaute


Bom pessoal, aqui vou estreiando a minha banda no MM's, HARRINGTON 69, esse é o nosso "Primeiro Nocaute", com 3 musicas, como o vocalista da banda (Marcelo) não pode comparecer na gravação, então eu gravei os vocais, mostrar o que é Oi! mesmo!!! Espero que gostem!!!!

MANTENHAM A FÉ!!!

1 - Firmes e Fortes
2 - Foda-se os Anarco
3 - Fora Racista

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Independence Jump Up Calypso


Bom pessoal, aqui vai uma coletânea de Calypso, lembram do post da quinta-feira passada? Eu postei um disco de Calypso muito bom, mas essa coletânea, é mais foda ainda, as musicas são dos anos 50 e 60, e aquele disco do Jolly Boys é de 1977, apesar de ser bem fiel, e não pareçe que é de 1977, mas enfim, ESSE SIM VALE A PENA CONFERIR, e espero que gostem!!!!!

MANTENHAM A FÉ!!!

01 - Count Lasher - Jump Independently
02 - Count Lasher - The Weed
03 - Count Alert - Old Man's Drive
04 - Count Lasher - Hooligans
05 - Lyn Taitt & Baba Brooks Band - Dog War Jump Up
06 - Count Lasher & Williams - Bam Bam
07 - Count Lasher & Williams - Mufridite
08 - Count Alert - In The Park
09 - Count Alert - Hard Time
10 - Lyn Taitt & Baba Brooks Band - Seven Guns Alive

DOWNLOAD

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Dica de Site: Caravan Camisetas

Quem não gosta/usa camisetas ou já tem aquela velha surrada, acabada de guerra no fundo do armário?

Mesmo para os mods ou para as modettes, a camiseta, combinada com outras peças sofisticadas, não faz a pessoa que a veste perder o ar de elegância.

E a dica de site para quem procura camisetas com estampas diferentes e de boa qualidade é o Caravan Camisetas, cuja especialidade são camisetas de bandas de ska, punk, soul, mod, Oi! entre outras...

Os diferenciais do site são o comprador poder escolher a própria estampa, bastando apenas mandar a imagem que será impressa numa boa resolução, além de trazer um histórico das bandas cujas t-shirts estão a venda.


E como não podia deixar de ser, o modelo escolhido para ilustrar nosso post foi o da camiseta do The Jam , que pode ser feita em várias cores.

Então passa lá no site do Caravan Camisetas e encomenda a tua!

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Hoje tem festa MOD REVIVAL no Verde Club em Porto Alegre

Hoje tem festa MOD REVIVAL em Porto Alegre!


Na pista:
Uruguaio e Nat C (DIrty Job)
Mare Couselo e Nãna de Bem (Lollypop)
Varo & Juanma (Sundays/Uruguay)
M. Placeres (Looks Like Montevideo)
Barman Fight no palco
Projeção do filme Quadrophenia
Djs Uruguaios

Local: Verde Club
Endereço: Avenida Goethe, 200 - Rio Branco - Porto Alegre - RS
Gênero: Rock
Formas de Pagamento: Mastercard Maestro | RedeShop | Visa Electron
Preço:
Na hora R$ 15
Na lista R$ 10 (quinta@verdeclub.com.br)

Jolly Boys - Roots of Reggae from Jamaica


Nunca julgue um disco pela capa! Quando eu estava entrando na onda do Reggae, Ska e Rocksteady, eu fui adiquirindo materiais e claro baixando da internet mesmo, porque hoje em dia tudo é mais fácil com a internet né, e eu fui baixar uns Reggaes pra eu ouvir, e vi esse disco pra baixar e baixei (achei a capa bonitinha pra variar), quando fui ouvir eu pensei "porra... que merda é essa?", eu pensava que era um Early Reggae ou Ska, mas enfim deixei salvo, mas com o passar dos dias eu ouvi falar no tal Calypso, e eu fiquei curioso e corria atrás pra ver qual era, e vi que isso era o princíio da música jamaicana, e acabei gostando disso, e eu lembrei do disquinho do Jolly Boys que eu baixei e ouvi novamente, e acabei gostando, isso é a raiz do Reggae, e esse disco me pareçe que é de 1977, mas está bem fiel aos Calypsos da época (30's, 40's, 50's), é muito foda este disco, vale a pena, para quem não conheçe o tal Calypso (não é o do Pará, heheheheh) é uma boa matar essa curiosidade!!!!

MANTENHAM A FÉ!!!

01. Linstead Market
02. Oh Carolina
03. Crackdown
04. Sarah
05. Fat Wife
06. Water The Garden
07. Pomp And Pride
08. Joy Bell
09. Build On The Rock
10. Beautiful Garden

DOWNLOAD

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Vanilla Fudge - Vanilla Fudge (1967)

Durante os anos de 1966 e 1969, o Vanilla Fudge (Doce de Baunilha, literalmente) gravou 5 álbuns repletos de psicodelia.


Citada como "uma das poucos links americanos entre a psicodelia e o que logo viria a se tornar o heavy metal", sua formação original era Mark Stein nos teclados e vocais, Tim Bogert no baixo e vocais, Vince Martell na guitarra e nos vocais e Carmine Appice na bateria e vocais.

Os covers arrastados e loucões de Ticket To Ride do The Beatles, You Keep Me Hanging On das The Supremes e de She's Not There do The Zombies ficaram ótimas para quando alguém resolver "tomar" um doce. Do mesmo modo, espero que gostem!


01. Ticket To Ride02. People Get Ready
03. She's Not There
04. Bang Bang
05. A) Stra (Illusions Of My Childhood Pt 1)
B) You Keep me Hangin' On
C) Wber (Illusions Of My Childhood Pt 2)
06. A) Take Me For A Little While
b) Ryfi (Illusions Of My Childhood Pt 3)
07. A) Eleanor Rigby
B) Elds


Espero que tenham gostado! Mantenham a fé!!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Como limpar seus discos de vinil - parte 7O TOCA-DISCOS

Já estamos chegando ao final das postagens sobre cuidados básicos com o seu vinil, mas eu não poderia encerrar o assunto sem antes falar um pouco sobre os cuidados que você também deve ter com o seu toca-discos. Então, bóra seguir estas dicas para um melhor funcionamento do seu aparelho:



* Se você sabe que vai ficar um bom tempo sem ouvir nada no seu toca-discos, é melhor deixá-lo desconectado da tomada. Isto evita que o motor "magnetize" o circuito eletrônico (isto é para os aparelhos antigos que funcionam com grande motores), pois com o tempo isto pode vir a produzir um ruído chamado estática que prejudica o som do seu aparelho.

* Sempre mantenha o braço do seu toca-discos no gancho ou pedestal quando o mesmo não estiver sendo usado para evitar que alguma batida ou movimento brusco da agulha no vinil venha a arranhar os sulcos.

* Novamente, se você não for usar seu toca-discos por um longo período, assegure-se que o seletor de velocidade (33, 45 e 78 rpm) esteja em OFF, isto vale para os aparelhos com rolos de borracha. A explicação dada é a de que estes aparelhos é que em qualquer posição de velocidade em que se encontram, eles podem acabar "batendo" no rotor do motor, o que pode causar distorção na reprodução do disco, com o tempo a única solução acaba sendo a de trocar a rolo de borracha. Assim como alguns modelos não trazem a palavra OFF impressa (equipamentos IRT), deve-se colocar a ponta do seletor apontando para o rebite colorido na lateral do aparelho, que muitas vezes serve como indicador de velocidades.

Espero que todas estas dicas tenham ajudado vocês, estarei de volta amanhã com o post semanal das terças! Até amanhã e mantenham a fé!!

domingo, 16 de janeiro de 2011

Como limpar seus discos de vinil - parte 6 A AGULHA

A agulha, assim como outras partes do seu toca-discos também inspira certos cuidados. Apesar de ela ter uma vida útil bem longa (cerca de 500 horas dependendo da marca), sem ela não há música.


Não é nada saudável para a sua agulha ficar cutucando-a com o dedo, o processo de limpeza da agulha, num geral, se dá no momento em que você coloca seus discos limpinhos e recém-lavados para tocar. Segundo Joaquim Martins Cutrim do Blog Limpeza de Vinis, que é uma das minhas mais importantes fontes de pesquisa, é possível colocar o disco com alguns filetes de água (entre 5% e 10%) para tocar, porque este processo facilitaria a "lavagem" da agulha. Já o blog Entresseio sugere a limpeza da agulha com um pincel bem fininho de pintura artística, cujos movimentos de limpeza devem ser feitos de trás para frente. Levando em conta também o artigo "A conservação dos nossos queridos discos de vinil" do Dj Bruno Groovy, o peso do braço do toca discos é outro fator super importante, sendo que ele deve ser o mais leve possível, a agulha pode danificar profunda e irreparavelmente os sulcos do vinil. Jamais solte o braço do toca discos em cima do vinil, ao contrário, procure pousá-lo delicadamente. E para ter menos perigo ainda, sempre pouse a agulha no começo do vinil, onde não há sulcos de gravação.

Sobre as melhores marcas de agulhas e onde encontrá-las vai depender das suas necessidades. Algumas marcas recomendadas são Shure, Stanton ou Ortofon e você pode encontrá-las na internet, em casa especializadas ou em eletrônicas. Tudo vai depender da sua cidade.

E, amanhã, finalizando os posts sobre o assunto, trarei dicas de como cuidar bem do seu toca-discos. Espero que tenham gostado! Mantenham a fé!!

sábado, 15 de janeiro de 2011

Como limpar seus discos de vinil - parte 5 COMO RECUPERAR O VINIL EMPENADO

Um vinil empenado é um vinil torto, e um vinil torto dificilmente poderá ser ouvido corretamente no seu toca discos. Porém, para a felicidade de todos, a maior parte dos vinis que se encontram neste estado tem solução!

Basicamente, o que pode ser feito é um sanduíche de vinil entre duas superfícies planas, lisas e de peso considerável. JAMAIS COLOQUE NO FORNO OU NO SOL como dizem alguns! O resultado nunca é o esperado e com certeza você irá perder seu vinil se fizer isso.

O que pode ser feito é mandar polir duas placas de granito ou mármore com uns 40 cm de largura e uns 2 ou 3 cm de espessura. Ambas devem estar absolutamente limpas e secas. A parte polida, isto é, brilhante das placas são as que vão estar em contato com o vinil. Muito cuidado com as placas, pois elas podem arranhar os sulcos do vinil.

Procure um local limpo, arejado e onde não tenha muita movimentção de pessoas que possam "cutucar" seu vinil, ele terá que ficar descansando entre as placas num período de 1 a 3 meses. Não mexa nele durante este período de descanso. Muito provavelmente seus vinis voltarão a ficar planos. E não se esqueça de lavar corretamente seus discos depois deste período em que eles ficaram "de molho".

Amanhã veremos os melhores cuidados com a agulha do seu toca-discos. Vejo vocês amanhã! Mantenham a fé!

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Como limpar seus discos de vinil - parte 4 COMO GUARDAR SEUS DISCOS

Dando continuidade às postagens sobre os cuidados básicos com seu acervo em LP, hoje vou ensinar vocês como guardar/armazenar corretamente seus vinis.

Basicamente a melhor maneira de guardar seus discos é dentro de suas respectivas capas na posição vertical (de pé) para que eles não empenem, isto é, fiquem tortos. O lugar apropriado deve ser ventilado, não pode ter temperatura acima de 50º C, não pode ser fechado para evitar o aparecimento da umidade, bactérias e fungos. Se possível, ou se tiver muitos vinis, guarde-os em prateleiras diferentes da sua estante. Lembre-se sempre de manter a estante onde estão armazenados seus vinis longe de poeira.

Amanhã ensinarei vocês como recuperar vinis empenados. Sim, eles têm solução! Espero que tenham gostado! Mantenham a fé e até amanhã!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Como limpar seus discos de vinil - parte 3 CAPAS

Olá, leitores!! Continuando os posts dessa semana sobre os cuidados básicos com o seu disquinho de vinil, hoje ensino para vocês como higienizar as capas.

Pesquisando mais um pouquinho sobre limpeza, descobri que estas capas também são colônias para inúmeros fungos e bactérias. Num primeiro momento é necessário limpá-las com algodões umedecidos, o que já ajuda bastante. Porém, para os mais pacientes e, quem sabe, alérgicos, o bom mesmo é abrir (isso mesmo, descolar!) capa por capa e além de limpar com algodão, passar um pincel macio nas dobraduras que ficam coladas na parte de dentro. Depois de limpa, o recomendado é plastificar sua capa na frente e no verso com papel contact ou algum outro plástico apropriado para esta finalidade.

Se possível, troque também o plástico interno no qual o vinil vem embalado. Pois, com o tempo este plástico também tem tendência a se deteriorar. Nunca deixe seu vinil sem o plástico, pois o contato direto do disco com o papelão da capa pode fazer com que ele perca ainda mais sua qualidade.

Amanhã falarei sobre como guardar seu vinil. Espero que tenham gostado! Mantenham a fé!

Os Tápes - 1975 - Canto da Gente


Bom pessoal, aqui vai uma raridade foda, Os Tápes era um grupo musical da cidade de Tápes (o nome da banda diz tudo), há 100Km de POA, no Estado do Rio Grande do Sul, o grupo costumava se apresentar, nos fins-de-semana num “teatro” que eles construíram, alugaram uma casa para fazer esse tal “teatro” para poderem fazer suas apresentações, eles tocavam mesmo por amor à música mesmo, a entrada dos shows q eles faziam nesse teatro era franca, cabiam poucas pessoas, cada um que pudesse colaborava com 2 pilas na época pra ajudar nas despesas da casa, pois esse não era o emprego deles, eles eram peões de prefeitura mesmo, trabalhavam para fazer o que eles amavam, que era a música, tomavam prejuízos mas NÃO DESISTIAM, várias gravadoras queriam assinar contrato com eles, e eles RECUSAVAM, daí o cara que produziu esse disco fez uma proposta para Os Tapes, de gravarem o disco apenas para ter um registro gravado do grupo, pois ambos não tinham interesse em ganhar dinheiro no disco, e temos aí o registro histórico dos Tápes, o negócio é mais tradicional qua a música tradicional gaúcha, é bem folclórico, nativista e indígena (na verdade os primeiros gaúchos são os índios),resumindo: ISSO SIM É MUSICA GAÚCHA, vale a pena conferir, espero que gostem!!!

MANTENHAM A FÉ!!!!

01. Dança da Lagoa do Sol
02. Carreta
03. Janaíta
04. Versos perplexos
05. Cheraçar y Apacuy
06. Gauchê
07. Homens de preto
08. Pedro Guará
09. Barqueiro
10. Canto da gente
11. Continente Americano

DOWNLOAD

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Como limpar seus discos de vinil - parte 2 O VINIL

Olá, leitores!! Ontem vocês aprenderam aqui no M&M's como começar os cuidados básicos com seus discos de vinil e hoje, continuando o tutorial, vou ensinar a vocês como limpá-los corretamente.

Para a limpeza vocês vão precisar de: * um par de tapa selos (quem souber onde encontrar, por favor, me avisa, sim?), * um par de luvas de borracha dessas de fazer limpeza e de preferência limpas, * detergente para louças, *quadradinhos ou discos de algodão desses usados para tratamento facial que vocês encontram facilmente em farmácias e * muita, muita água corrente. Para tanto, recomendo vocês usarem a pia da cozinha que deve estar devidamente livre de sujeiras, gorduras e afins.

Lembrem-se de não manusearem o disco durante a limpeza com as mãos sujas ou colocando os dedos nos sulcos, não esqueçam de usar as luvas!

1. Ponha o vinil embaixo da torneira com água corrente, molhando-o bem. CUIDADO para não molhar os selos para quem não tiver o tapa-selos para proteção.

2. Segurando o disco com uma mão, jogue um pouco de detergente ao redor de todo um lado do vinil.

3. Com o seu quadradinho ou disco de algodão, esfregue em movimentos circulares sempre nos sentidos do sulco do vinil até que faça um pouquinho de espuma. Não é necessário fazer força, só não deixe seu disco cair!

4. Enxague bem o lado que você acabou de limpar, certificando-se que não sobraram sabão ou fiapos de algodão.

5. Repita o mesmo processo de limpeza no outro lado.

6. Enxague rapidamente suas luvas para que estas também não tenham acumulado resíduos.

7. Ponha o disco para secar no escorredor de pratos (limpo) com muito cuidado para não riscar e deixe-o secar naturalmente. Lembrando sempre que o local da secagem dos vinis deve ser um lugar seco, longe da luz do sol. Os discos devem ser mantidos na posição vertical e sem muito contato com a superfície onde estão, nem uns com os outros.

8. NÃO GUARDE seus vinis ainda! Nem os coloque para tocar!

9. Se necessário, repita todo o processo de lavagem.

E amanhã ensinarei a vocês como limpar as capas externas e internas e como guardar corretamente seus LPS. Então, espero que tenham gostado. Mantenham a fé e até amanhã.

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Como limpar seus discos de vinil - parte 1 SELOS

Os meus posts desta semana tratarão sobre como limpar e cuidar bem de seus bolachões - os discos de vinil. Muitas bandas e artistas voltaram a comercializar suas músicas em formato de LP, que, além de estarem na moda, tem aquela cara retrô que todos amamos.

É claro que andei pesquisando sobre como limpar corretamente os vinis, pois cada um tem seu método diferente. Porém, vou listar aqui os que eu achei mais fáceis de executar e cujos produtos químicos vocês podem encontrar facilmente.

Começando nosso breve tutorial hoje vou ensinar como limpar o selos dos vinis, que são os miolos dos discos, onde estão escritos o nome do artista, as músicas do lado A ou B e/ou gravadora.

Como qualquer outra parte do vinil, os selos também acumulam poeira e fungos. Para a higienização é importante lembrar de JAMAIS molhar os selos, pois ao contrário de limpar, você estará criando um ambiente propício para a criação de mais fungos. O recomendado é passar um pano seco somente ou parafina que é uma substância hidrófila que não cria umidade. A parafina é encontrada em velas e vocês podem passar a vela no selo como se estivesse pintando ele. A única diferença que vocês irão notar é que ele vai ficar mais escuro, justamente por causa da parafina.

E como é recomendado que um disco que tenha ficado muito tempo guardado, deve ser limpo de ir para o toca-discos, amanhã ensinarei como limpar seus vinis.

Espero que tenham gostado! Mantenham a fé e até amanhã!

sábado, 8 de janeiro de 2011

Canal TCM apresenta The Who - Live at Kilburn 1977


O Canal TCM - Classic Hollywood (canal 70 da Sky) apresentará na quinta-feira, dia 20/01 o último show do batera Kaith Moon, ele já saiu em dvd mas vale a oportunidade de assistir.

Sinopse: Em 1977, enquanto era feito um documentário sobre a banda britânica chamado The Kids Are Alright (1979), seu diretor conseguiu reuni-los, após um ano sem tocar ao vivo, exclusivamente para o seu filme. A apresentação foi planejada para ser capturada por seis câmeras, registrando em 35 mm um concerto único, mas que, inexplicavelmente, nunca viu a luz. As razões de seu caráter especial vão além de ter sido a última apresentação ao vivo do baterista fenomenal chamado Keith Moon é a banda, pirotécnica por si só, ao voltar a se apresentar após um ano, se mostra exultante: Pete Townshend parece estar eletrificado enquanto pula, corre e faz estripulias com sua guitarra. Os "My Generation" e "Can't Explain" estão presentes, mas o auge é atingido com os hinos "Baba O'Riley" e "Won't Get Fooled Again".

The Who - Live at Kilburn 1977
Canal TCM
20/01/11
22:00 horas

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

The Zombies

Bom pessoal, esse é o meu primeiro post de 2011, como eu posto todas as quintas, e a primeira quinta-feira de 2011 caiu justamente no meu aniversário, então vou postar para vocês os DOIS ÚNICOS ALBUNS do The Zombies, são eles: Beggin Here (64) e Odessey and Oracle (68), e como The Zombies é uma das minhas bandas preferidas, compartilho meus 23 aninhos com vocês postando essas duas OBRAS PRIMAS, valeu pessoal!!!!

MANTENHAM A FÉ!!!!




Beggin Here - 1964

01 Roadrunner
02 Summertime
03 I Can't Make up My Mind
04 The Way I Feel Inside
05 Work 'N' Play
06 You've Really Got a Hold on Me
07 She's Not There
08 Sticks and Stones
09 Can't Nobody Love You
10 Woman
11 I Don't Want to Know
12 I Remember When I Loved Her
13 What More Can I Do
14 I Got My Mojo Working
15 You Make Me Feel Good [-]
16 Leave Me Be [-]
17 Tell Her No [-]
18 She's Coming Home
19 I Must Move
20 Kind of Girl
21 It's Alright With Me
22 Sometimes
23 Whenever You're Ready
24 I Love You
25 Is This the Dream
26 Don't Go Away
27 Remember You
28 Just Out of Reach
29 Indication
30 How Were We Before
31 I'm Going Home

DOWNLOAD


Odessey and Oracle - 1968

01 Care of Cell 44
02 A Rose for Emily
03 Maybe After He's Gone
04 Beechwood Park
05 Brief Candles
06 Hung up on a Dream
07 Changes
08 I Want Her She Wants Me
09 This Will Be Our Year
10 Butcher's Tale [Western Front 1914]
11 Friends of Mine
12 Time of the Season
13 I'll Call You Mine [Mono Version][-]
14 She Loves the Way They Love Her [-]
15 Imagine the Swan [-]
16 Smokey Day [-]
17 If It Don't Work Out [-]
18 I Know She Will [-]
19 Don't Cry for Me [-]
20 Walking in the Sun [-]
21 Conversation off Floral Street [-]
22 I Want You Back Again [Mono Version][-]
23 Gotta Get a Hold of Myself [Mono Version][-]
24 Goin' Out of My Head [Mono Version][-]
25 She Does Everything for Me [Mono Version][-]
26 Nothing's Changed [Mono Version][-]
27 I Could Spend the Day [-]
28 Girl Help Me [-]

DOWNLOAD

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Italian 60's Beat

Assim como o yéyé francês, o beat italiano também surgiu na década de 1960, trazendo à época toda a vanguarda da música jovem que estava sendo produzida então. O "beat" é tido como a primeira quebra de paradigma musical da década, pelo menos na Itália, e entre seus maiores nomes estão Equipe 84, Rokes, Caterina Caselli, Motowns e Rita Pavone. E em homenagem ao final do "pé-no-saco" em Italiano: Novela Passione, esta semana trago para vocês esta compilação com o melhor do Italian Sixties Beat. Espero que gostem!



01. Caterina Caselli - La ragazza del Piper Club
02. The Motowns - Una come lei
03. Rita Pavone - Datemi un martello
04. The Rokes - Il primo sintomo
05. New Dada - Bati i pugni
06. Ricky Shayne - Uno dei mods
07. Kings - Trovane un altro
08. Equipe 84 - Nella terra dei sogni (land of make believe)
09. The Planets - Non c'è amor
10. Hugu Tugu - Fino a Ieri

download

Espero que tenham gostado! Mantenham a fé e até semana que vem!!