sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

The Seeds - Seeds & A Web Of Sound (1966)

Olá, queridos leitores! Me desculpem pelo atraso do post de hoje que deveria ter saído ontem. Mas, sofro de gastrite e ontem tive uma daquelas crises que me deixam imprestável. Tentarei recompensá-los da melhor maneira possível.

Proto punk piscodélico. Pra mim, esta é a melhor definição que eu posso dar dos californianos do The Seeds. Capitaneados pelo carismático Sky Saxon, contava também com Daryl Hooper nos teclados, Jan Savage e Jeremy Levine nas guitarras e Rick Andrige na bateria, que logo deixou a banda por motivos pessoais. Como visto, a banda não contava com um baixista, nas gravações usavam músicos de estúdio e nos palcos, Hooper era quem às vezes assumia o baixo, às vezes assumia o bass keyboard.

Foto: Guy Webster

O primeiro hit, Cant' Seem To Make You Mine, lançado em 1965, ano em que a banda se formou também, e catapultou os rapazes dentro da Califórnia. Em 1966 alcançaram moderado sucesso com Pushin' Too Hard, ficando entre os top 40. Nos anos seguintes lançaram Mr. Farmer, A Thousand Of Shadows e re-lançaram, em 1967, I Can't Seem To Make You Mine. O sucesso era modesto também neste período, porém a popularidade era grande no sul da Califórnia. Em 1968, já com os primeiros sinais de crise a banda muda alguns membros, além de mudar o nome para Sky Saxon & The Seeds.

Após a dissolução da banda na década de 1970, se juntou ao grupo religioso de Yahowha (ou Father Yod), que promovia uma vida em comunidade, dieta orgânica e ideais utópicos. Sky, que na verdade se chamava Richard Marsh, faleceu em 2009 de infecção generalizada no mesmo dia em que Farrah Fawcett e Michael Jackson deixaram este mundo.

Este álbum 2 em 1 que reúne os dois primeiros discos da banda, ambos lançados em 1966, é a melhor prova da inventividade e criatividade californiana da década de 1960. Impossível saber se é uma banda garageira ou influenciada por ácido, as duas influências de estilo são muito claras (o garage/fuzz e o psicodélico). O vocal mezzo anasalado mezzo descompromissado de Saxon juntamente com os teclados sempre marcantes e tão presentes de Hooper é que dão o tom da banda. Recomendadíssimo!



The Seeds - Seeds & A Web Of Sound (1966)


01. I Cant' Seem To Make You Mine
02. No Escape
03. Evil Hoodoo
04. Girl, I Want You
05. Pushin' Too Hard
06. Try To Understand
07. Nobody Spoil My Fun
08. It's A Hard Life
09. You Can't Be Trusted
10. Excuse Excuse
11. Fallin' In Love
12. Mr. Farmer
13. Picures And Designs
14. Tripmaker
15. I Tell Myself
16. Faded Picture
17. Rollin' Machine
18. Just Let Go
19. Up In Her Room


Queridos, espero que tenham gostado! Mantenham a fé e até amanhã!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mesmo com a moderação de comentários, use seu bom senso. Caro (a) anônimo (a), por favor, identifique-se no comentário!