terça-feira, 20 de março de 2012

The Creation - We Are Paintermen (1967)

A grande sacada desta banda foi ter dois vocalistas: Bob Garner e Kenny Pickett dividiram os vocais e contribuíram cada um a seu modo para a sonoridade tão conhecida dos fãs. Mas, sou suspeita para falar, pois se trata de uma de uma banda e de um disco de que mais gosto. Bob Garner fazia às vezes de vocalista e baixista junto com: Kenny Pickett (vocais), Jack Jones (bateria) e Eddie Phillips (guitarra).



Começaram a tocar juntos em 1966 e, ainda neste mesmo ano, lançaram seu primeiro hit, Making Time que alcançou o 49º lugar nas paradas britânicas. Logo em seguida alcançaram o 36º lugar com Painter Man. Há, inclusive, uma curiosidade sobre esta música: Eddie Phillips toca guitarra nesta faixa com o arco de um violino, coisa que um tempo depois Jimmy Paige copiaria e tornaria popular no Led Zeppellin.

Em 1967, Garner assume completamente os vocais, deixando Pickett de fora da banda pelo menos por um tempo. Ainda nesse ano lançam We Are Paintermen, álbum que não fez muito sucesso nos Estados Unidos ou na Grã-Bretanha, mas que foi muito popular em Países com a Alemanha, Suécia, Dinamarca e Noruega.

No final de 1967, já com Pickett de fora,  Phillips também deixa a banda e o The Creation encerra temporariamente suas atividades, até o ano seguinte quando conta com uma nova formação: Kenny Pickett nos vocais, Kim Gardner no baixo, Jack Jones na bateria e Ron Wood  (irmão mais novo de Arthur Wood, do The Artwoods, lembram deles?) antes dos Stones e pós-The Birds na guitarra. Em junho de 1968, o The Creation encerra de vez suas atividades. Há uma volta na década de 1980 e novamente nos anos 2000, desta vez na qual o único membro original é Eddie Phillips, que assumiu os vocais. Kenny Pickett faleceu em 10 de janeiro de 1997 aos 45 anos. 

O que definitivamente não podemos escutar em We Are Paintermen, o 1º álbum lançado pelos rapazes é a predominância vocal de Bob Garner. Ao contrário, cada faixa é intercalada ora pelos vocais de Garner, ora pelos vocais de Pickett. Apesar de parecer uma banda completamente diferente nestas horas, a troca constante de vocais ajuda a criar a sonoridade Freakbeat que faz a banda ser cultuada nos dias de hoje. Dou um destaque especial para as regravações de Hey Joe e Like A Rolling Stone, próxima dos originais e com aquele sotaque british que tanto amamos.


The Creation - Painter Man (1967)

01. Cool Jerk
02. Making Time
03. Through My Eyes
04. Like A Rolling Stone
05. Can I Join Your Band
06. Tom Tom
07. Try And Stop Me
08. If I stay Too Long
09. Biff Bang Pow
10. Nightmares
11. Hey Joe
12. Painter Man
13. How Does It Feel To Feel (U.S. version) [bonus track]
14. Sylvette [bonus track]
15. I Am The Walker [bonus track]
16. Ostrich Man [bonus track]
17. Sweet Helen [bonus track]
18. Life Is Just Begining [bonus track]
19. For All That I Am [bonus track]
20. Midway Down [bonus track]
21. Hurt Me If You Will [special bonus]
22. I'm Leaving [special bonus]
23. Work All Day (Sleep All Night) [special bonus]
24. Going Down Fast [special bonus]

download

Espero que tenham gostado! Mantenham a fé!

4 comentários:

  1. acredito que em making time ele também use o arco de violino, esse música não sai da minha cabeça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele riffizinho matador da introdução, né?

      Excluir
    2. essa* ahan, muito viciante, está de parabéns o site é muito bom! pena que alguns links estejam quebrados, mas deu pra conhecer bastante coisa "nova", haha, me viciei agora no the artwoods!

      Excluir
    3. Obrigada! De coração! <3 Esta questão dos links quebrados, vou publicar lista do que foi recuperado neste carnaval, que é para todo mundo cair na gandaia. Hahaha, eu sempre digo que minhas bandas favoritas fizeram muito sucesso...há 40 anos! Hahahaha!

      Excluir

Mesmo com a moderação de comentários, use seu bom senso. Caro (a) anônimo (a), por favor, identifique-se no comentário!