quinta-feira, 15 de março de 2012

The Leaves - Hey Joe (1965)

Juntos desde 1963, "Os Folhas" fazem uma espécie de mistura de garage rock com folk. E o resultado não é nada mau, hein?



Robert Lee Reiner (guitarra), Tom "Ambrose" Ray (bateria), Jim Pons (baixo), Bobby Arlin (guitarra) e John Beck (vocais) eram os típicos meninos bacanas, mas que faziam de vem em quando um som mais estruturado. Começaram tocando surf music em festinhas em Los Angeles, mas o primeiro show sob o nome de The Leaves foi com o Captain Beefheart And His Magic band. Porém, as coisas só começaram a mudar de verdade quando em 1965 quando se mudaram para a antiga residência do The Byrds na Sunset Strip e conheceram o ator Pat Boone, que conseguiu o primeiro contrato da banda.

No mesmo ano gravaram pela primeira vez Hey Joe (mundialmente conhecida como sendo de Jimi Hendrix, ela foi primeiramente conhecida através do The Leaves), contudo descontentes com a versão a regravaram novamente em 1966, agora com guitarras fuzz. Hey Joe alcançou o número 1 nas paradas da Billboard e da CashBox em 1966.

Em 1967 a banda chega ao seu fim, Jim Pons se junta aos garotos do The Turtles, e nos 70 toca baixo para Fran Zappa. Bobby Arlin junta-se ao grupo psicodélico The Hook. Sem mais outras informações sobre os outros integrantes, sabe-se que na década de 1970 a banda se reuniu novamente com novos integrantes. The Leaves está presente também na coletânea Nuggets já postada aqui no M&M's.


The Leaves - Hey Joe (1965)


01. Dr. Stone
02. Just A Memory
03. Get Out Of My Life, Woman
04. Girl From The East
05. He Was A Friend Of Mine
06. Hey Joe!
07. Words
08. Back On The Avenue
09. War Of Distortion
10. Tobacco Road
11. Goodbye, My Love
12. Too Many People
13. Be With You [bonus]
14. You Better Move On [bonus]
15. That's A Different Story [bonus]
16. Love Minus Zero [bonus]
17. Funny Little World [bonus]


Espero que tenham gostado! Mantenham a fé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mesmo com a moderação de comentários, use seu bom senso. Caro (a) anônimo (a), por favor, identifique-se no comentário!