terça-feira, 12 de junho de 2012

Ray e Rasa Davies

Amor e um tiquinho assim ó de dor. Mais ou menos assim foi o casamento entre Ray Davies do The Kinks e a alemã com descendência lituana Rasa Didzpetris. O casal se conheceu em julho de 1964 durante uma turnê do The Kinks e em dezembro daquele mesmo ano já estavam casados #meteorodapaixão.

Foi por falta da amada e da recém nascida filha do casal (Rasa não obteve o visto de entrada na América) que Ray, durante a turnê norte-americana de 1965, se tornou um verdadeiro peso para a banda devido ao seu mau comportamento. Problemas com a Agência Norte-Americana e a União Norte-Americana de Músicos proibiu a banda de se apresentar nos Estados Unidos. A banda permaneceu banida até 1969.

E depois de casado, Ray se aquietou um pouco. Enquanto seu irmão Dave e o resto da banda viviam no badalado bairro do Soho em Londres, Ray e a família haviam se mudado para a calma vizinhança de Muswell Hill. Neste época, talvez pelos acontecimentos ruins durante a turnê pelos EUA, a popularidade do The Kinks despencou. Foi também neste época em que Rasa participou ativamente das gravações dos álbuns do The Kinks, fazendo as vezes de backing vocal.

Infelizmente, alguns anos depois Rasa resolve abandonar Ray, e o relacionamento do casal se desfaz em 1973. Com uma crise pessoal elefantástica, Ray tenta o suicídio neste mesmo ano e é diagnosticado com transtorno bipolar, onde ele quase abandona de vez a música.

Fora isso, a gente ainda ama Rasa de montão! Não é mesmo?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mesmo com a moderação de comentários, use seu bom senso. Caro (a) anônimo (a), por favor, identifique-se no comentário!