terça-feira, 5 de junho de 2012

The Shangri-Las - Leader Of The Pack (1965)

Sabe toda aquela frustração e rebeldia adolescente? Sabe todas aquelas histórias de amores sofridos e muitas vezes não correspondidos? Atire a primeira pedra que não passou por isso! E por incrível que pareça, quem melhor colocou toda essa fase em forma de música foram as meninas do The Shagri-Las. 

Para muitos pode soar super estranho um grupo de garotas de estilo assumidamente rocker num blog sobre mod culture, mas o som das duplas de irmãs Betty e Mary Weiss e das gêmeas Mary Ann e Marge Ganser vale a pena!

Diferente de todos os grupos vocais femininos da época, elas ainda eram adolescentes quando em Nova York passaram a se apresentar em shows de talentos sem nem ao menos ter um nome artístico. A loirinha Mary Weiss era a líder do grupo, enquanto sua irmã Betty tinha verdadeiro asco de aparecer em fotos ou em sair em turnê, fazendo com que as meninas muitas vezes se passassem por um trio.

Betty Weiss, as gêmeas Mary Ann e Marge Ganser e Mary Weiss eram fofas, mas tinham má fama.

E apesar de terem realizados shows com os Beatles, James Brown, Dusty Springfield e The Zombies, a imagem pública das garotas não era das melhores. As músicas sempre falavam sobre corações partidos, amores impossíveis com rapazes que os pais desaprovavam, ferozes corridas de motocicletas e até mesmo morte. Constantemente conhecidas pela imagem de bad girls, a história de que Mary Weiss traficava armas pelos Estados Unidos ganhou o status de lenda, e mesmo com a alegação de que ela andava com uma pistola para se proteger depois de um ataque a um quarto de hotel onde estava hospedada, o "causo" veio reforçar ainda mais de modo negativo a imagem das garotas. Inclusive, este álbum de estréia das meninas foi banido no Reino Unido devido às brigas entre mods e rockers nas praias de Brighton em 1964. E, segundo as palavras da própria Mary Weiss: "Quando eu desci do avião vestindo minha jaqueta de couro, todos já sabiam de que lado eu estava".

O álbum de estréia das garotas, mostra que apesar de elas não terem nenhuma excelência vocal, faziam músicas com certa maestria. As canções sobre amores sofridos e sobre gostar de garotos de caráter duvidoso não são melosas e possuem o vocal e a batida sixties que fazem todos dançar. Dou destaque a versão de Twist And Shout, tão legal quanto a versão dos Beatles.


The Shangri-Las - Leader Of The Pack (1965)



01. Give Him A Great Big Kiss
02. Leader Of The Pack
03. Bull Dog
04. It's Easier To Cry
05. What Is Love?
06. Remember (Walking In The Sand)
07. Twist And Shout
08. Maybe
09. So Much In Love
10. Shout
11. Goodnight My Love
12. You Can't Sit Down


Espero que tenham curtido! ;)

2 comentários:

  1. Nunca ouvi com atenção o som delas, só aqueles temas em coletâneas diversas (tanto que nem sei qual, de fato, ouvi). Mas, achei muito interessante a história e curiosidades que colocou no post. Vou atrás de dar uma escutada melhor!

    Um beijo,

    Mateus.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que elas cativam por serem diferentes das outras girl groups da época. O som é adolescente e bem dançante, acho que tu vai curtir.

    Ótimo feriado!

    Beijos!!

    ResponderExcluir

Mesmo com a moderação de comentários, use seu bom senso. Caro (a) anônimo (a), por favor, identifique-se no comentário!