segunda-feira, 25 de março de 2013

The Hives e a moda masculina

Eu já venho acompanhando a trajetória desta banda sueca há tempos, pelo menos uns 10 anos, quando a MTV ainda era um canal que prestava e a música "pop" ainda não era um lixo total. The Hives, na época, parecia ser o gás que faltava às bandas de então: tinha vigor, tinha velocidade, tinha batida marcada, tinha influências do punk, tinha integrantes com cara e jeito de insanos. E hoje, mesmo depois de tanto tempo eles ainda parecem manter toda a energia do começo da fama.

E, estando há exatamente uma semana do show deles aqui em Porto Alegre (pretendo escrever uma resenha sobre o show, aguardem!), quero chamar atenção para um dos aspectos deles que eu acho que é um dos charmes da banda: o vestuário. Sempre com uniformes nas cores preto & branco, durante esses 10 anos ou mais, surgiram as mais loucas variações possíveis. Todas muito hypadas, ahazo e loosho  ótimas e muito criativas.

De gravatas monocromáticas nas mais diferentes estampas, a sapatos bicolores, passando por jaquetas de couro, terninhos, harringtons, suspensórios, listras e mais recentemente, pasmem, cartolas, a criatividade sempre imperou nos caras, mas nunca deixou de ter o toque bon vivant de elegância e bom gosto que, com certeza, pode servir de inspiração para os meninos que gostam de se vestir bem.

Segue aí uma pequena compilação de imagens deste guarda-roupa dos sonhos (se eu fosse um menino, é claro!).

Via Downtown Lobby

Via Trend Labs

Via Music Artist Backdrops

Via Play in Victoria

Via Ololo!

Via Last.Fm

Via Last.Fm

Via Porto Alegre Sortimentos

Via Zimbio

Via Oscar L. Tejeda Photography

8 comentários:

  1. Danilo

    Realmente, o hives não preza somente por fazer o tipo de música que te recebe com um soco direto no ouvido, mas as roupas e o estilo de serem também deixam essa atitude bem evidente.

    Penny, aproveita esse show...eu sou de SP, mas me recuso a pagar o preço do lollapalooza, e vi que eles vão fazer esse show aí em POA. Sério, tire fotos e faça vídeos se possível! hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Danilo! Acho que tu trouxe a palavra que resume tudo: atitude. E isso os caras têm de sobra.

      Aqui em PoA o ingressa tava praticamente de graça! E como não vi o show deles ainda (sei que eles já tocaram aqui na capital), aproveitei.

      Pode deixar que eu vou registrar tanto o quanto possível, hahahahaha

      Beijão

      Excluir
  2. Faz um bom tempo que não comento por aqui, nada melhor do que voltar a fazê-lo em post sobre o The Hives!
    Assisti ao show deles em 2008 em SP e, na boa, foi um dos melhores da vida. Se tivesse dinheiro sobrando na conta, certamente iria vê-los novamente nesta nova passagem, pois, embora o último disco seja, em minha opinião, o mais fraco de todos, em cima do palco os caras entregam todo o suor, rock garageiro e pose necessários para um ótimo show de rock!

    Saudações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mateus!

      Bem-vindo de volta! Senti tua falta.

      Estou muitíssimo ansiosa para este show, para falar bem a verdade. É mais um show que eu considero fodástico para a minha lista.

      Beijão!

      Excluir
  3. Danilo

    Ei Penny! Como foi o show? Estou ansioso pra saber suas impressões sobre eles e sobre esse show que deve ter sido, em poucas palavras, inacreditável.

    ResponderExcluir
  4. Danilo, foi maravilhoso! Realmente inacreditável. Mas, registrei tudo em lomo, então quero esperar revelar as fotos para ver se te algo que dê para aproveitar para a vida e para o post, hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. "Say: we love The Hives"

    Espero por uma resenhazinha sua do show, Penny! Tenho certeza que deve ter sido inesquecível, pois, como falei antes do show, estes caras são insanos em cima do palco.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. "Qual é a temperatura da crosta terrestre? The Hiiiives!"

    Hahahaha

    Mateus, o show foi incrível, vou mandar os filmes para o lab neste findi e acredito que na semana que vem um post saia!

    Beijão.

    ResponderExcluir

Mesmo com a moderação de comentários, use seu bom senso. Caro (a) anônimo (a), por favor, identifique-se no comentário!