domingo, 30 de novembro de 2014

Moa Aberg por Camilla Akrans - Editorial de Moda

É tempinho primaveril, apesar do calor senegalês que insiste em fazer pelas bandas aqui do Sul. Este, na verdade, não é um editorial de moda, mas sim, um editorial de beleza publicado pela Vogue Italia no ano passado. Tons pastéis, borboletas e flores neste super editorial de make up sixties style é o que temos para hoje, com a modelo Moa Aberg a la Jean Shrimpton. Enjoy!

Fotos: Camilla Akrans









domingo, 9 de novembro de 2014

Bandas Novas: French Boutik

French Boutik [Paris/França]



Seguindo na toada de bandas originárias da terra da Revolução Francesa, trago nesta postagem a banda tão comentada e badalada na cena Mod atual (não sem razão, vale frisar): French Boutik

A banda foi formada em 2010 e conta com Zelda Aquil (bateria), Serge Hoffman (guitarra e vocais), Gabriela Giacoman (voz), Jean-Marc Joannes (contrabaixo), Terry Brossard (teclados) e, eventualmente, tem a participação de Mad Iky (órgão e trompete). Auto definindo o seu som como um "Pop Moderniste", dá para dizer que a French Boutik bebe na fonte de diversos gêneros dos 1960s (beat, garage, psicodelia, yé-yé) e como o Warren Peace do We Are The Mods bem definiu, o grupo conseguem reprocessar com maestria todas estas influências para produzir um som altamente moderno.



Os registros do grupo se resumem a dois compactos duplos: "Les Chats de Goutière" (2012) e "Ici Paris" (2013). Todas as canções podem ser ouvidas através do Soundcloud e pelo canal no YouTube da banda. E daqui cerca de um mês, mais precisamente no dia 5 de dezembro, lançarão um novo compacto duplo: "Mieux Comme Ça" (já dá para ouvir um preview das quatro faixa que compõem o disquinho no YouTube). Quem se interessar em adquiri-lo em formato físico, basta ir ao sítio do copaseDisques, selo alemão que colocará a bolachinha no mundo e também foi o responsável pelo lançamento de todo o material da banda.



A gente aqui do Moderno teve o prazer e a honra de poder escutar o compacto completo antes do lançamento oficial  (Merci Beaucoup Gabriela et tous les membres de la French Boutik!) e, de fato, os tantos elogios tecidos e rasgados pelas mais diferentes personalidades e sites da cena Mod são completamente merecidos! Fazendo um rápido faixa-faixa: começamos com "Mieux Comme Ça", uma faixa comandada por uma guitarra mod revival, recheada de vocalizações e um refrão forte. Em "End Of The Line", música mais psicodélica e viajada do compacto, as vozes de Gabriela e Serge vão se juntando e se separando entre os riffs de guitarra (aliás, que incríveis timbres de guitarra temos ao longo de todas as faixas) e andamento de bateria levemente quebrado. "La Vie En Couleurs" tem uma melodia deliciosamente descompromissada e é a faixa mais dançante dentre as quatro. O disquinho se encerra com "Tiptoes", cover do Madness, a qual ficou com uma pegada mais garagem e com a impressão digital da French Boutik.



Cheers!