domingo, 25 de outubro de 2015

Bandas Novas: The Karovas Milkshake

The Karovas Milkshake [Екатеринбург/Rússia]





Pela primeira vez na Bandas Novas, voltaremos nossos ouvidos para o Oriente! O grupo que focalizo hoje é o The Karovas Milkshake, o qual é oriundo da cidade de Ekaterinburg na Rússia. As informações na web relativas à formação da banda são praticamente nulas, contudo, o que sei é que após o primeiro registro o baixista original (Artem Slepushkin, o qual certamente é parente do guitarrista Seva) deixou a banda, fazendo com o que o então baterista, Albert, assumisse o instrumento, e, depois do segundo EP, o conjunto passou de um trio para um quarteto, incorporando mais uma guitarra, o que, ao mesmo tempo que preencheu mais o som da banda, sobretudo ao vivo, possibilitou o uso mais frequente de outros instrumentos como o saz. Deste modo, o conjunto atualmente conta com a seguinte formação: Albert Krupp (baixo, órgão, percussão, voz); Seva Slepushkin (guitarra, saz, voz); Nick The Kick (bateria, percussão, vocais) e Sasha glushkov (guitarra e vocais).




A discografia é composta por dois compactos duplos, Low-Cow-Motion [2010] e Freak Out Factory [2012], e o recente álbum In The Shade of the Purple Sun [2015]. Todos os registros são possíveis de serem ouvidos tanto no Soundcloud, como no Bandcamp do grupo (no último é possível adquirir as músicas em formato digital). 


  
A sonoridade do Karovas Milkshake, inicialmente, se equilibrava entre o som garage/beat 'nuggets' e foi caminhando em direção a uma psicodelia mais acentuada, como é possível encontrar no álbum lançado neste ano de 2015 (valendo salientar que será lançado em LP pela Groovie Records, fantástico selo português!), o qual possui um cardápio variado de instrumentos e temas (riffs saturados, música em francês, pirações envolvendo carnaval, zumbis, Godiva, sol roxo e tortas de maçã). Enfim, recomendo que ouçam todas as 'fases' do catálogo da banda.





Cheers!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mesmo com a moderação de comentários, use seu bom senso. Caro (a) anônimo (a), por favor, identifique-se no comentário!